Ex-presidente do Flamengo, Bandeira de Mello relembra 'dura' no início do mandato: 'Não ia completar um mês'

Eduardo Bandeira de Mello foi o convidado especial do PodFla - Foto: Reprodução/Coluna Fla


Um dos principais personagens da reestruturação do futebol do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello foi o convidado especial do PodFla, programa do site "Coluna do Fla". O ex-presidente falou sobre a remontada do rubro-negro no futebol nacional e relembrou uma abordagem inusitada de um torcedor no seu início de trabalho no clube.

+ Clube inglês quer Gabriel Jesus, Palmeiras acerta com José Manuel López… O Dia do Mercado!

Bandeira comandou o Rubro-Negro entre 2013 e 2018, sendo sucedido pelo atual mandatário, Rodolfo Landim. O ex-dirigente recordou os primeiros dias a frente do Flamengo e a reação dos torcedores com a saída do atacante Vágner Love, uma das primeiras decisões do seu mandato.

- Tinha umas três semanas na presidência, ainda achava que era uma pessoa anônima e que podia andar normalmente sem ser reconhecido. Estava em um supermercado próximo a minha casa, quando me aparece um torcedor com 3m de altura 2m de largura apontando para mim cobrando, 'você mandou o Vágner Love embora!' - o presidente complementa a história revelando o receio de encerrar precocemente a sua continuidade no cargo:

- Comecei a me tremer, achei que não ia completar um mês na gestão do Flamengo. Estava preparado para o pior, quando ele continuou, 'fez muito bem! Não tínhamos dinheiro para pagá-lo' - a história arrancou risos dos apresentadores Rafa Penido e Tulio Rodrigues.

+ Incêndio do Ninho: Justiça acolhe recurso da Defensoria, e pensão das vítimas será apreciada pelo STF

Bandeira de Mello explicou que o torcedor atuava segurança particular, por isso todo aquele tamanho.

Recentemente, o ex-presidente foi absolvido pela maioria dos votos do Conselheiro Deliberativo do Flamengo de uma suspensão por 90 dias do quadro social por conta de declarações a respeito do incêndio do Ninho do Urubu, em 2020.

A declaração de Bandeira de Mello se deu por conta do planejamento que havia em sua gestão, no qual as divisões de base passariam a utilizar os alojamentos do módulo 1 do CT do Ninho do Urubu a partir de 1º de janeiro de 2019, e não mais os contêineres. Em 8 de fevereiro de 2019, um incêndio atingiu uma das unidades e vitimou 10 atletas das divisões de base do clube.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos