Ex-namorada de Giggs, lenda do Manchester United, relata agressões físicas

'Ele veio até mim do nada e me deu uma cabeçada na cara', disse a ex-namorada (Foto: AFP)


Ryan Giggs, lenda do Manchester United, é acusado de agressões e comportamento agressivo. A ex-namorada do ex-jogador de futebol, Kate Greville, relatou ao tribunal na última terça-feira sobre a rotina. O julgamento começou no início desta semana. Vale lembrar que Giggs saiu do comando do País de Gales no ano passado pela mesma situação

+ Galeria: Suárez é alvo de memes após Nacional ser eliminado para o Atlético-GO

Kate relatou um episódio em que Giggs, sem qualquer motivo, teria dado uma cabeçada em seu rosto. Ela disse que desta vez foi de maneira intencional. A declaração da mulher foi divulgada pela 'AFP'.

– Ele veio até mim do nada e me deu uma cabeçada na cara. Eu estava em choque. Caí para trás, meu lábio inchou instantaneamente. Coloquei as mãos na boca e pude sentir o gosto do sangue – disse antes de complementar.

– De todas as outras vezes que ele me machucou, essa foi diferente. Isso foi intencional, ele deliberadamente queria me machucar – afirmou.

A ex-namorada ainda relatou que Giggs jogou um laptop na cabeça dela durante uma briga em um hotel por causa de uma suposta traição do ex-jogador.

Giggs se declara inocente das acusações. Caso seja condenado, pode pegar até cinco anos de prisão. Ele foi detido em novembro de 2020 após uma discussão violenta com Kate. Durante uma audiência preliminar em abril de 2021, ele negou as acusações e se declarou inocente.