Ex-jogadores do Corinthians comentam polêmica de Jô: 'Decepção'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Jô deixou o Timão faltando um ano e meio para o fim do seu contrato com o clube (Foto: Divulgação/Corinthians)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Jô se envolveu em mais uma polêmica na noite da última terça-feira. Durante a partida entre Cuiabá x Corinthians pelo Brasileirão, o atacante foi flagrado em um pagode. A atitude do jogador dividiu opiniões de torcedores, e ex-jogadores do Timão decidiram comentar sobre o episódio no programa "ESPN F90" desta quarta-feira.

+ ATUAÇÕES: Vítor Pereira e Robson Bambu vão mal em derrota do Corinthians para o Cuiabá

Fábio Luciano e Zé Elias construíram uma bonita história pelo Corinthians e fizeram questão de criticar a atitude de Jô.

- Quando eu ficava machucado, eu tomava injeção e anti-inflamatório. Não ficava bebendo cerveja. Acho que o sentimento é de decepção. Do grupo e do torcedor. Muitos torcedores estão sofrendo e estão tristes. Então, quando você olha um dos ídolos recentes se divertindo, é decepcionante. Quando o torcedor vê isso, não quer o atleta jogando no seu time - disse Fábio Luciano.

- Não é novidade. Se ele fez isso, é porque já fez outras vezes e não falaram nada. O Jô já tem uma carreira consolidada. Não é mais um menino. Na volta dele em 2017, ele ficou seis meses sem jogar porque as pessoas não acreditavam mais no Jô. A verdade foi essa. O Corinthians paga um alto salário para ele estar em forma e ser um cara responsável - declarou Zé Elias.

Fábio Luciano chegou ao Corinthians em 2000 e conquistou Mundial de Clubes, dois Paulistas e uma Copa do Brasil pelo Timão. Zé Elias foi revelado pelas categorias de base do clube e também ganhou títulos importantes. Ambos tiveram relevância no passado recente do Corinthians.

Jô vem tratando de um trauma no pé esquerdo. Nesta temporada, o atacante participou de 19 jogos e fez quatro gols. O Corinthians ainda analisa como resolverá o episódio do atacante.

+ Além de pagode em dia de jogo, Jô coleciona dores de cabeça em passagem pelo Corinthians

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos