Ex-jogador do Manchester United cita privilégios e detona política do clube

Eric Bailly detonou política do Manchester United (NICOLAS TUCAT / AFP)


Eric Bailly, ex-jogador do Manchester United, detonou a política do clube da Premier League em entrevista ao "The Times". O zagueiro, que se transferiu para o Olympique Marseille, afirmou que os Red Devils privilegiavam atletas ingleses aos estrangeiros.

- O clube deveria evitar favorecer jogadores ingleses e dar chance a todos. Encorajar a competição no vestiário. Eu sempre tive o sentimento de que atletas nacionais eram priorizados. Isso não acontece no Chelsea ou em outros grandes clubes da Premier League. Ten Hag tem muito caráter e espero que mude essa dinâmica.

O defensor também explicou como se deu sua saída do Manchester United para a França nesta janela de transferência.

- Eu encontrei com Ten Hag no vestiário no fim da última temporada quando ele foi assinar contrato. Eu estava arrumando minhas coisas, pois minha intenção era sair, mas ele me disse para ficar, pois me daria minutos. Aceitei participar da excursão de verão com o Manchester United, ele manteve sua palavra, mas não quero jogar de vez em quando. Quero jogar toda semana e me sentir importante.

Com a camisa do Olympique Marseille, Eric Bailly já participou de duas partidas do Campeonato Francês. O atleta também ganhará minutos para disputar a Champions League, competição a qual o Manchester United não conseguiu se classificar.