Ex-jogador da Seleção Brasileira afirma que teria demitido Tite após eliminação na Copa do Mundo

Tite deixará a Seleção Brasileira após Copa do Mundo do Qatar (Foto: CARL DE SOUZA / AFP)


Faltam poucos meses para a Copa do Mundo do Qatar e muitos brasileiros sonham com um possível hexacampeonato da Seleção Brasileira. Edmílson, que esteve presente como zagueiro na conquista do penta em 2002, participou do podcast "PodCopa", da ESPN, e analisou a Copa do Mundo deste ano.

+ Tem brasileiro! Veja o ranking dos 50 clubes com as marcas mais valiosas do mundo

O ex-zagueiro opinou sobre convocações, Tite e comentou sobre a possível vinda de um treinador estrangeiro para Seleção Brasileira após a Copa do Mundo.

- A gente ainda tem uns bons cinco meses para trabalhar, a Copa do Mundo ainda está um pouco distante. Acho que jogadores como o Hulk não deveriam estar fora dos 23 ou 26. Se fala muito do Veiga. É um jogador que eu gosto, deveria ser convocado para ser testado. Tem jogadores que há dois anos não vêm fazendo boas temporadas fora do Brasil. Eu daria uma oportunidade para esses dois jogadores com mais tempo - disse Edmílson.

- Eu acho que deveria ter trocado (o treinador) quando perdeu a Copa do Mundo, em 2018. Deveria ter trocado. Quando começou foi bom. Acho o trabalho do Tite fantástico, não tenho nada contra a pessoa. Na Copa do Mundo foi bem. Mas depois a seleção ficou igual o dia de hoje [da gravação]...frio, cinzento, sem novidade, ficou sem graça. Agora tem os meninos das Olimpíadas e parece que voltou a ter um gosto - declarou o ex-jogador.

- Sou partidário de tentar uma experiência (treinador estrangeiro), mas desde que se dê autonomia. Não para fazer mudanças drásticas. Nós temos nossa cultura de futebol. Não adianta trazer um inglês, um espanhol, quem quer que seja, e o cara tente deixar [de lado] a nossa raiz...a criatividade, o improviso, jogadores que driblam. Essa é a nossa história de seleção. Gostaria de ver um treinador estrangeiro na seleção, mas isso não quer dizer que agora só terá estrangeiro lá. É passar um pouco da visão de fora sem mudar nossa essência - ressaltou.

A Seleção Brasileira vem treinando para a Copa do Mundo e Tite já declarou que deixará o Brasil após a competição. Durante os próximos meses, muitos jogadores vão lutar por uma convocação e novos treinadores serão especulados para o cargo. O ano de 2022 promete muita emoção para os torcedores brasileiros.

+ Veja motivos que farão a Copa do Mundo do Qatar ser única na história do torneio

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos