Ex-jogador do Corinthians ganha emprego em fábrica após luta contra dependência química

Régis Pitbull está atualmente com 45 anos (Reprodução/ESPN)


Com passagens por muitos clubes do futebol brasileiro e uma luta diária contra a dependência química, Régis Pitbull está encontrando forças para retomar sua vida. Após anos um longo período internado, o ex-jogador conseguiu uma oportunidade de emprego. A informação é da ESPN.

+ Conheça a mulher misteriosa que expôs mensagens privadas e convite de Neymar

Régis Pitbull está limpo das drogas há mais de um ano. Por conta do vício em crack, o ex-jogador chegou a ser internado no ano passado para tratar da doença. Buscando recomeçar a vida, Régis começou a trabalhar na fábrica de Iaponan, seu amigo de infância.

- Quando ele teve alta da clínica, pedi para o Mingo, outro amigo, pegar o carro e ir buscar o Régis no interior. Aí comecei a convidá-lo para trabalhar com a gente. Falei: ‘Você tá empregado? Quero que você venha trabalhar de verdade e toca a sua vida normal’. Graças a Deus ele vem cumprindo com o papel dele. Está registrado. Já estou feliz de ver que ele compra as coisas pra ele, e isso me animou bastante - disse o amigo Iaponan

+ Adriano Imperador explica origem de bordões na internet: 'Apertei sem querer'

A dependência química prejudicou muito a carreira do atacante. Muitos jogadores, amigos, jornalistas, médicos e psicólogos vem buscando recuperá-lo do vício. Régis consumiu crack por mais de uma década e vem realizando uma luta diária nos últimos anos para vencer as drogas.

O ex-jogador atualmente está com 45 anos. Ao longo da carreira, atuou em clubes como Ponte Preta, Vasco, Bahia, Ceará e Corinthians.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos