Ex-Fluminense, São Paulo e Cruzeiro, Hudson anuncia aposentadoria

Último clube de Hudson foi o Fluminense (Foto: Mailson Santana/FFC)


Chegou ao fim a carreira de Hudson. Em entrevista ao canal do jornalista André Hernan nesta quarta-feira (01), o volante de 34 anos confirmou que não voltará mais a jogar. Ele tem passagens por Cruzeiro, São Paulo e, por último, o Fluminense, de onde saiu em janeiro. Desde então, o agora ex-jogador não tinha mais equipe.

+ Dois anos após retorno, relembre momentos marcantes de Fred na segunda passagem pelo Fluminense

- Estou aposentando do futebol. Estou parando de jogar oficialmente. Está na hora de virar a página e iniciar um novo capítulo - declarou ao canal.

Hudson sofreu uma lesão no joelho direito no início de 2021 e praticamente não entrou em campo no ano passado. Depois de quase um ano de recuperação e de estender o vínculo com o Flu até o fim do processo, o jogador ficou livre no mercado até o anúncio do fim da carreira.

Veja a tabela da Série A do Brasileirão

​No currículo, entre as conquistas, Hudson tem a Copa do Brasil de 2017, conquistada pelo Cruzeiro. Ele chegou ao São Paulo em 2014 e foi emprestado para o time mineiro em 2017. Retornou ao clube paulista no ano seguinte e foi um dos destaques da campanha do Brasileirão com o técnico Diego Aguirre. Em 2019 acabou perdendo espaço no elenco depois de ir bem como lateral-direito.

A transferência para o Fluminense foi no início de 2020, por empréstimo. No primeiro ano fez 43 jogos, marcou um gol e deu três assistências pelo Tricolor. Mesmo sob protestos da torcida, teve o empréstimo renovado, mas acabou sofrendo grave lesão ao romper o ligamento do joelho em 3 de maio, contra a Portuguesa, pelo Carioca.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos