Ex-empresário pede acordo de R$ 20 milhões a Luva de Pedreiro

Ex-empresário de Luva de Pedreiro quer R$ 20 milhões para encerrar disputa jurídica. Foto: ASJ Consultoria
Ex-empresário de Luva de Pedreiro quer R$ 20 milhões para encerrar disputa jurídica. Foto: ASJ Consultoria

Reportagem do portal Uol Esporte informou nesta terça-feira (19) que o ex-empresário do Iran de Santana Alves, conhecido como Luva de Pedreiro, Allan Jesus pediu R$ 20 milhões ao influenciador para encerrar a disputa jurídica atual.

A tentativa de acordo, que não foi feito até o momento, aconteceu em uma troca de e-mails onde o valor teria sido proposto.

Leia também:

Uma das maiores figuras da internet no momento, Iran tem aproximadamente 30 milhões de seguidores e “briga” para conseguir o rompimento com o empresário sem ter que pagar uma multa rescisória de pouco mais de R$ 5 milhões.

Os advogados do influenciador confirmaram o pedido dos R$ 20 milhões e informaram que recusaram a oferta "imediatamente", tentando um acordo onde a multa não existisse, mas Allan seguiria recebendo um percentual por trabalhos fechados em sua gestão.

Allan não teria gostado da proposta e por isso sugeriu o pagamento dos R$ 20 milhões como condição para um acordo. O valor poderia ser pago em parcelas nos próximos meses, entendendo que ele ainda terá muito por receber, agora representado pela empresa de Falcão, ex-jogador de futsal.

Iran tem reclamado publicamente de promessas não cumpridas, falta de liberdade e alega que não tinha noção exata do teor do documento assinado com Allan há cerca de cinco meses.

"Eu sei lá, nem li, não sabia de nada, não sei, eu não sei muito ler não esse negócio. Sou meio fraco", disse o influenciador, em entrevista à TV Globo. O empresário alega que seu ex-cliente sabe ler e tinha ciência das cláusulas antes da assinatura.

"Iran não poderia ter assinado o contrato sem a orientação de um advogado. Ele não tem capacidade técnica para entender os direitos e deveres estabelecidos pelo contato", disse o advogado Plínio Lemos Jorge, que representa o influenciador

As cifras dos contratos assinados desde o início dos trabalhos de Allan Jesus com Luva de Pedreiro são altas. Estima-se que por três contratos, com a Amazon, Pepsi e TikTok, a receita chegou a R$ 1,78 milhão.

Vale lembrar que um processo tramita na Justiça do Rio, com Allan sendo o réu, já que o rompimento de contrato teria sido iniciativa de Luva de Pedreiro. Uma audiência de conciliação já está marcada para o dia 26 de julho.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos