Ex-Corinthians, Cristian teria sofrido golpe milionário de parentes que administravam sua fortuna

Cristian teve dinheiro sacado e imóveis vendidos ou dados como garantia em empréstimos (Daniel Augusto Jr)


Ex-jogador do Corinthians, Cristian teria sofrido um golpe financeiro de familiares que administravam seus bens, por meio de procuração, na época em que ele atuava no Fenerbahçe, da Turquia. A notícia foi publicada pelo 'Uol'.

+ Saiba os jogadores mais valiosos da Champions

O jogador, que defende o Atibaia, assinou as procurações em 2012 e seus familiares passaram a fazer saques, transferências e emissão de cheques. Eles ainda estariam dando imóveis do jogador como garantias para empréstimos bancários.

Segundo o perito Aparecido Azevedo Ferreira, o valor perdido pelo jogador seria milionário.

- O prejuízo inicialmente apurado corresponde a uma cifra, sem atualização monetária, de R$ 26.623.448,3 - analisou em valores que constam no processo.

+ Irmã de Léo Moura está envolvida em 'golpe do Rock In Rio'

O advogado de Cristian afirmou que o jogador agiu de boa fé por ser uma "pessoa simples". Um dos parentes teria até falsificado a assinatura do volante, que abriu um processo contra os familiares e instituições bancárias na tentativa de recuperar os valores.

Ainda segundo o 'Uol', a defesa do atleta afirma que o Código Civil torna nulo negócios jurídicos em virtude de estelionato e que apesar de possuírem procurações, os parentes não poderiam assumir responsabilidade como avalistas e fiadores. Cristian teria conseguido reverter a venda de um imóvel no valor de R$ 350 mil, na cidade de Bauru, em São Paulo.