Ex-atleta de rúgbi morre de ataque cardíaco enquanto agredia namorada

Ricky Bibey era um jogador de futebol profissional inglês da liga de rugby que jogava como suporte ou segunda linha (Foto: Reprodução)


O ex-atleta de rúgbi Ricky Bibey foi encontrado morto em um hotel na cidade de Florença, na Itália, no último dia 16 de julho. De acordo com as suspeitas iniciais, ele teria morrido após participar de um "jogo sexual" com sua namorada, que estava completamente ensanguentada ao seu lado. Segundo informações do jornal 'Daily Mail', Ricky sofreu um infarto enquanto agredia Jennie Platt. O casal estava junto há três anos.

+ Fábio Gomes reforça o Vasco, PSG fecha com mais um jogador… O Dia do Mercado!

Jennie Plat foi encontrada no local com muitos ferimentos. Ela precisou ficar hospitalizada por mais de duas semanas. Pessoas próximas da mulher confirmaram ao jornal britânico que ela estava sendo agredida por Ricky Bibey quando ele acabou sofrendo uma parada cardíaca.

+ Wanda Nara pede divórcio a Mauro Icardi, diz TV argentina

- Jennie explicou à polícia que na noite em que Ricky morreu, ele estava completamente fora de controle e que a havia atacado. Ela recebeu alta do hospital, mas ainda está na Itália pois precisa de um voo médico especializado para repatriá-la de volta para casa, onde espero que ela possa tentar reconstruir sua vida - revelou o advogado da mulher.

Segundo a polícia local, o ex-atleta estaria alcoolizado e chegou a ingerir cocaína na noite anterior ao caso. Ele e Jennie fizeram o check-in no hotel um dia antes e só voltaram para o local na madrugada do dia da morte de Bibey. Funcionários revelaram ter ouvidos gritos antes de acionarem as autoridades.

Ricky Bibey começou sua carreira em 2000 e chegou a jogar algumas partidas pela seleção inglesa de rúgbi, além de rodar por equipes britânicas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos