Ex-Atlético Mineiro chega à marca de 200 jogos na K-League e ganha dia especial na Coreia do Sul

Cesinha chegou aos 200 jogos no Campeonato Coreano-(Divulgação/ Daegu FC)


Nesta semana, o meia-atacante Cesinha, ex-Atlético Mineiro, recebeu uma das mais belas homenagens que um brasileiro já teve em solo coreano. Em partida válida pela 23ª rodada da K-League, contra o Gimcheon Sangmu FC, o jogador foi a atração do dia pela marca histórica de 200 jogos na Liga Coreana.

Mesmo tendo sido poupado da partida para se recuperar de uma lesão, o jogador compareceu a DGB Arena para celebrar o ‘Cesinha Day’, que contou com a maior bandeira já feita na K-League para um atleta, dois troféus entregues pelo clube, camisa comemorativa dos 200 jogos, além de bonés, faixas, cachecóis e munhequeiras distribuídas para a torcida.

- Posso dizer que hoje foi um dos dias mais especiais da minha carreira como jogador de futebol. Quando cheguei na Coreia, vim focado em dar o meu melhor, mas nunca imaginei que sairia de uma cidade de 6 mil habitantes para me tornar um dos maiores ídolos da história de um clube do outro lado do mundo. Extremamente emocionado de ter alcançado tudo isso e queria agradecer ao Daegu e a essa torcida maravilhosa pelo carinho – destacou Cesinha

Com 74 gols e 53 assistências, o brasileiro é chamado de ‘Rei de Daegu’ pela torcida. Em 2016, o primeiro ano vestindo a camisa azul e branca, o jogador ajudou a conquistar o acesso a primeira divisão da K-League e entrou na lista dos onze melhores jogadores do campeonato.

Em 2018, veio a primeira conquista importante. Cesinha foi artilheiro e melhor jogador do campeonato na conquista da Copa da Coreia. Na K-League, líder em assistências e novamente selecionado na lista de onze melhores do torneio, fato este que veio a se repetir nos anos de 2019, 2020 e 2021, além de ajudar o clube a se classificar para a Liga dos Campeões da Ásia pela primeira vez na história. Na temporada 2021/222, chegou a mais uma importante marca sendo eleito quatro vezes jogador do mês, feito que nenhum outro atleta atingiu na Liga.