Ex-árbitros divergem sobre pênalti sofrido por Neymar

*ARQUIVO* BRASILIA, DF,  BRASIL,  13-06-2021 Neymar entrando em campo. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL, 13-06-2021 Neymar entrando em campo. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O atacante Neymar, do PSG, foi protagonista de um lance polêmico na partida amistosa da equipe francesa contra o Gamba Osaka, realizada na segunda (25) no Japão.

Em meio aos debates sobre a existência ou não de pênalti em cima do brasileiro, o UOL Esporte conversou com ex-árbitros a respeito da jogada, que teve infração confirmada pela arbitragem.

Para Carlos Eugênio Simon, que apitou três Copas do Mundo (2002, 2006 e 2010), Neymar não sofreu pênalti. O gaúcho, inclusive, relembrou um lance que considerou similar envolvendo Diego Tardelli no Campeonato Brasileiro de 2008 —na época, o atacante atuava pelo Flamengo.

"Não foi pênalti. Este lance é similar ao que não marquei no jogo Cruzeiro x Flamengo, em que o Tardelli pisou na bola e caiu. Mandei seguir a jogada. Essa jogada me veio à cabeça olhando essa jogada do Neymar", iniciou.

"É uma pena que o craque não tenha aprendido com toda a repercussão negativa da Copa do Mundo de 2018", finalizou Simon, ao falar sobre a fama de "cai-cai" do jogador na última edição do mundial.

O também ex-árbitro José Aparecido de Oliveira concordou com a opinião de Simon. Para ele, Neymar tentou enganar a arbitragem e condenou a ação do brasileiro.

"Embora o zagueiro tenha ido na disputa meio atabalhoado, não houve a penalidade máxima. Na verdade, houve uma grande encenação. Por conta de lances assim, algumas vezes os árbitros deixam de marcar os possíveis pênaltis em cima do Neymar. Isso é lamentável", disse ele.

Sálvio Spinola, no entanto, mostrou uma visão diferente sobre a polêmica e viu pênalti do zagueiro do Gamba Osaka.

"Tem uma imagem que mostra o contato. Houve um 'rapa'. Para mim, é pênalti", disse o ex-árbitro, que ponderou. "Mesmo com o Neymar aumentando [a gravidade da jogada]."

O PÊNALTI

Aos 30 minutos do 1° tempo, quando o duelo estava em 1 a 0 para o time de Paris, o jogador pisou na bola já dentro da área com o objetivo de ludibriar a marcação.

O zagueiro Miura, que estava perto do brasileiro no momento do lance, tentou fazer o corte de maneira abrupta e errou a bola. Neste momento, o astro do PSG caiu no gramado —ele afirmou ter sido atingido pelo adversário.

A arbitragem marcou a penalidade e, na cobrança, o próprio Neymar chamou a responsabilidade e ampliou o placar para o PSG, que venceu o jogo por 6 a 2 após os 90 minutos.

Rapidamente, a jogada rodou o mundo e virou tema polêmico em torno de uma possível simulação do atacante —o próprio jogador, no Twitter, rebateu o portal "ge", que classificou o momento como "pênalti fantasma".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos