Everton Ribeiro diz que procurou ajuda psicológica para voltar à Seleção e cita promessa ao filho


De volta à Seleção Brasileira após ficar de fora nas duas últimas convocações, o meia Everton Ribeiro, do Flamengo, falou como foi o período em que esteve afastado. Em entrevista coletiva neste domingo, o jogador de 33 anos contou que teve ajuda psicológica para superar a má fase e voltar a ser lembrado por Tite.


- Foi um período em que eu estava com muita dificuldade, então procurei uma psicóloga que me ajudou muito. Me colocou no caminho, esquecer e colocar coisas de lado. Centrar no que eu precisava fazer - disse o atleta, que completou lembrando da chegada de Dorival Jr. ao Rubro-Negro:

- Isso (o apoio profissional) me mostrou o quanto o psicológico, estar com a cabeça boa, ajuda em entrar na direção certa. Precisava estar focado no que tenho de melhor para evoluir e chegar nesse momento - concluiu.

A última partida de Everton Ribeiro pela Seleção havia sido em janeiro, na vitória sobre o Paraguai por 4 a 0, no Mineirão. Depois, o meia ficou de fora das últimas duas rodadas das Eliminatórias em março e dos amistosos na Data Fifa de junho. Ao todo, são 21 jogos e três gols marcados com a Amarelinha.

+ Veja a tabela, os jogos e os grupos da Copa do Mundo de 2022

Brasil x Gana - Everton Ribeiro - Seleção Brasileira
Brasil x Gana - Everton Ribeiro - Seleção Brasileira

Everton Ribeiro entrou no segundo tempo contra Gana (Foto: Lucas Figueiredo / CBF)

Everton também disse que sua volta à Seleção foi uma promessa a um dos filhos. Segundo o meia, ele queria que o pequeno Antônio o visse com a Amarelinha. A família do atleta está na França, foi ao jogo na sexta-feira contra Gana e curtiu o dia de folga na Disney no sábado.

- Quando o Antônio nasceu (em agosto de 2020), fiquei com isso na cabeça: eu tinha que voltar para a Seleção para ele me ver com a Amarelinha. Agora está maior e foi ao estádio com a Marília (esposa) e o Augusto (filho mais velho). Foi muito emocionante para mim.


+ Convocação, jogos… O calendário da Seleção Brasileira até o final da Copa do Mundo

O Brasil volta a treinar neste domingo e na segunda-feira no Estádio Sébastien Charléty, em Paris. Na terça-feira, a Seleção Brasileira encara a Tunísia às 15h30 (de Brasília; 20h30 no horário local) no Parque dos Príncipes, casa do PSG.