Estrela do basquete dos EUA faz apelo a Biden após prisão na Rússia

Griner fez apelo a Joe Biden por liberdade (Reprodução/Twitter @JoeBiden)


Detida na Rússia por acusações de drogas, a estrela de basquete norte-americano, Brittney Griner fez um apelo ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. A atleta pediu para que o político a defendesse e a trouxesse de volta para o país natal junto a outros compatriotas.

+ Conheça região e saiba valor da nova mansão do Luva de Pedreiro em Pernambuco

- Enquanto estou sentada aqui em uma prisão russa, sozinha com meus pensamentos e sem a proteção da minha esposa, família, amigos, camisa olímpica ou qualquer conquista, estou com medo de ficar aqui para sempre - escreveu Griner, em carta divulgada pelos representantes da jogadora.

+ Neto critica quantidade de lesionados no Corinthians e dispara: 'Quem está machucado no Palmeiras?'

- No dia 4 de julho, nossa família normalmente homenageia os militares que lutaram por nossa liberdade, incluindo meu pai, que é um veterano da Guerra do Vietnã. Dói pensar em como costumo comemorar este dia porque a liberdade significa algo completamente diferente para mim este ano - continuou.

+ Streaming anuncia data de estreia do documentário de Adriano Imperador

- Sei que você está lidando com tanta coisa, mas por favor, não se esqueça de mim e dos outros detidos americanos. Por favor, faça todo o possível para nos levar para casa - finalizou a atleta. Griner foi presa em fevereiro por levar, supostamente, óleo de cannabis na bagagem de uma mala. A atleta pode pegar até 10 anos de prisão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos