Estreante em finais da NBA, Al Horford lidera impressionante vitória dos Celtics em pleno Chase Center

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Al Horford brilhou em vitória dos Celtics (Foto: Mercedes Oliver/NBAE/Getty Images/Getty Images via AFP)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Faltavam 25 segundos para o fim do primeiro jogo das finais da NBA entre Golden State Warriors e Boston Celtics. Na TV, Al Horford enchia a tela enquanto sorria e mandava um beijinho para alguém no ginásio. Poucas imagens poderiam retratar tão bem o que ainda estava por acabar no Chase Center, em San Francisco.

+ Veja os melhores memes da goleada do Brasil

Ao vencer por 120 x 108 alguns segundos depois daquela cena, o Boston Celtics roubou o mando de quadra das finais fazendo o que Denver Nuggets, Memphis Grizzlies e Dallas Mavericks não haviam conseguido: derrotar os Warriors em seu próprio território nos playoffs.

Mas por que Al Horford estava em foco em vez de seus colegas mais estelares, como Jayson Tatum e Jaylen Brown? Jogando sua primeira final em 15 anos de liga, o veterano deixou a quadra como cestinha dos Celtics, com 26 pontos, e ainda converteu seis bolas de três pontos pela primeira vez na carreira.

- Foi muito divertido. Eu só queria entrar em quadra e aproveitar este momento - explicou o pivô em entrevista logo após o jogo, e ainda completou:

- O grupo que iniciou o último quarto fez um ótimo trabalho ditando o ritmo e o resto do time seguiu - elogiou.

Sobre as seis bolas de três convertidas, Horford foi humilde e jogou para o time.

- Eu sempre tento jogar do jeito certo. Hoje meus companheiros me encontraram na quadra e eu converti o arremesso - resumiu o pivô.

Al Horford sem dúvidas contribuiu demais para a vitória, especialmente com seus 11 pontos nos últimos cinco minutos de jogo. Foi ali que os Celtics emplacaram uma sequência de 17 x 0 para virar o jogo e decretar o resultado da partida. Mas o pivô também contou com outras atuações inspiradas.

Sabe aquela formação que Horford elogiou no último quarto? Ela foi liderada por Jaylen Brown. O ala dos Celtics terminou o jogo com 24 pontos, 7 rebotes e 5 assistências. Outro que foi fundamental foi o armador Derrick White. Ele saiu do banco para anotar 21 pontos e 3 assistências, com 5 bolas de três pontos. Já Marcus Smart, eleito o melhor defensor da liga na temporada, fez 18 pontos, 5 rebotes, 4 assistências, 2 roubadas de bola e 4 bolas de três pontos.

Ficou faltando alguém: Jayson Tatum. Embora não tenha tido a melhor noite em termos de aproveitamento, a jovem estrela de Boston fez sua presença ser sentida de outras maneiras em um jogo em que converteu apenas 3 de 17 arremessos. Tatum pegou 5 rebotes e distribuiu 13 assistências, novo recorde da carreira.

Do lado dos Warriors, o choque da primeira derrota diante de seus torcedores veio acompanhado de uma excelente noite de Stephen Curry, desperdiçada pelo resultado. Depois de anotar 21 pontos só no primeiro quarto, o armador fechou a partida com 34 pontos, 5 rebotes, 5 assistências e 3 roubadas de bola, com 7 bolas de três convertidas em 14 tentadas.

Andrew Wiggins anotou 20 pontos e pegou 5 rebotes, enquanto Klay Thompson terminou com 15 pontos em 6 de 14 nos arremessos. A grata surpresa foi o retorno de lesão de Otto Porter Jr., o melhor reserva da equipe na noite. Ele fez 12 pontos e pegou 4 rebotes em 24 minutos em quadra, convertendo 4 dos 5 arremessos de três tentados.

Em uma partida em que chutou, como time, acima dos 42% nas bolas do perímetro e ainda assim saiu derrotado dentro de casa, os Warriors de Steve Kerr terão que procurar os ajustes necessários para vencer um jogo dois que ganha contornos dramáticos.

O segundo confronto entre Warriors e Celtics está marcado para domingo, 5 de junho, a partir das 22h, novamente no Chase Center, em San Francisco.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos