Estádios ingleses podem ter torcedores em pé após 28 anos

Testes foram feitos na temporada passada com torcedores da Premier League e da Championship. Foto: Jacques Feeney/Offside/Offside via Getty Images
Testes foram feitos na temporada passada com torcedores da Premier League e da Championship. Foto: Jacques Feeney/Offside/Offside via Getty Images

Os clubes ingleses vão poder voltar a ter nos estádios, 28 anos depois, arquibancadas para torcedores ficarem em pé. A decisão foi tomada nesta segunda-feira (4), pela secretária da cultura do Reino Unido, Nadine Norries.

“Apenas os clubes que cumpram as rigorosas medidas de segurança estarão autorizados. Graças a um processo robusto, com provas e engenharia moderna, estamos prontos para permitir bancadas em pé mais uma vez nos nossos campos”, explicou a governante.

Leia também:

Chelsea, Manchester City, Manchester United e Tottenham participaram de uma experiência considerada bem-sucedida durante a segunda metade da temporada passada, tal como o Cardiff, que em 2021/22 jogou o Championship, segunda divisão inglesa. Os estádios desses clubes tiveram setores para torcedores em pé.

Apesar da permissão, não é certo que todos os clubes criem esses espaços. Somente Wolverhampton, Brentford (ambos da Premier League) e Queen's Park Rangers (Championship) já anunciaram que vão disponibilizar lugares em pé.

O governo já anunciou que o lendário Estádio de Wembley vai oferecer essa possibilidade, e já programou um teste para setembro, quando a Inglaterra recebe a Alemanha, em jogo válido pela Liga das Nações.

Os torcedores em pé foram banidos do futebol inglês há cerca de 28 anos, cinco anos após a tragédia de Hillsborough, quando 96 torcedores do Liverpool morreram e centenas ficaram feridos durante uma enorme confusão na semifinal da Taça da Inglaterra contra o Nottingham Forest.

Em janeiro de 2022, foi conhecida a 97.ª vítima de Hiisborough, Andrew Devine, que perdeu a vida fruto de lesões resultantes do desastre de 1989.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos