Esquiadora morre ao tentar escalar montanha na França

Adèle Milloz e uma guia morreram em um acidente nos Alpes franceses. (Foto: Reprodução/Instagram)


Morreu aos 26 anos, a ex-campeã mundial de esqui, Adèle Milloz, ela realizava um treinamento na cordilheira de Mont Blanc, na França. Além da atleta, uma outra mulher de 30 anos também veio a óbito no acidente fatal na última sexta-feira (12). Os corpos de Adèle e da guia foram encontrados por alpinistas.

+ Flamengo ultrapassa a marca de 100 gols na temporada; veja os artilheiros!

A esquiadora francesa treinava para se tornar guia no local quando sofreu o acidente. Neste ano, o alpinismo na região tornou-se muito perigoso, por conta da onda de calor que assola o continente europeu.

De acordo com a polícia local, o motivo das mortes ainda estão sendo investigados, contudo, a hipótese de que o acidente foi causado por quebra de rochas foi descartada.

Segundo informações do jornal "Times", o incidente aconteceu quando as duas mulheres caíram durante a tentativa de chegarem ao cume de Aiguille.

+ Na última manobra, Rayssa Leal conquista etapa de SLS em Seatle

Adèle Milloz iniicou sua trajetória no esqui aos seis anos de idade. Como profissional, venceu títulos mundiais, europeus e nacionais, mas parou em 2019. Após a aposentadoria, vinha se dedicando em treinamentos para se tornar guia.