ESPN define equipe de transmissão de Palmeiras x Atlético-MG e de jogo do Athletico-PR pela Libertadores

Brasileiros definem vaga nas semifinais nesta semana (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)


Os jogos das quartas de final da Libertadores são destaques deste meio de semana no mundo do futebol. Atlético-MG, Athletico-PR e Palmeiras estão no mesmo lado da chave e podem protagonizar a oitava semifinal de Libertadores entre equipes brasileiras neste século.

+ Quais são os 20 jogadores mais valiosos das quartas da Liberta 2022? Saiba aqui!

Equipe de transmissão de Palmeiras x Atlético-MG
Com tudo igual no confronto, Palmeiras e Atlético-MG se enfrentam nesta quarta-feira (10), às 21h30. As equipes que protagonizaram a semifinal brasileira no ano passado fazem o duelo mais equilibrado desta fase. O confronto, que terá transmissão da ESPN e Star+, será narrado por Paulo Andrade, com comentários de Léo Bertozzi e Zinho.

+ Confira o chaveamento da Libertadores

Equipe de Transmissão de Estudiantes (ARG) x Athletico-PR
Na quinta-feira (4), Estudiantes (ARG) e Athletico-PR encerram as quartas de final da Libertadores, às 21h30. As equipes fazem o único confronto com times de dois países diferentes desta fase e vão decidir na Argentina a classificação – o primeiro duelo foi 0 a 0. A partida será exibida novamente na ESPN e no Star+ e terá o comando do narrador João Guilherme, que atuará ao lado dos comentaristas Silas, Eugênio Leal e Leonardo Gaciba.

Os dois jogos válidos pelas quartas de final da Libertadores terão transmissão exclusiva da ESPN na televisão. Além disso, a plataforma de streaming Star+ disponibilizará o recurso Multicam na exibição das duas partidas, com câmeras exclusivas fixadas nos principais jogadores de cada equipe, nos técnicos, ângulo geral do estádio e replays instantâneos das jogadas capitais.

Times do Brasil fizeram um confronto nacional nas semis nas edições de 2000, 2007, 2009, 2010, 2012, 2019 e 2021. Com domínio recente na maior competição de futebol sul-americana, o Brasil pode ter um representante na final pelo quarto ano consecutivo e também pode ver uma decisão com dois clubes brasileiros pela terceira vez seguida, feito inédito na história da competição.