Especialista em relacionamentos explica como exercícios em casal ajudam no foco

(Foto: Reprodução/ Pexels)


A prática regular de exercícios físicos pode se tornar uma tarefa mais fácil quando feita a dois. Casais, por exemplo, podem se apoiar para que ambos mantenham o foco e a constância, adquirindo resultados mais rapidamente. E, para os solteiros, a prática esportiva em dupla pode ser uma boa desculpa para quebrar o gelo com algum pretendente.

De acordo com o especialista em relacionamentos e desenvolvimento pessoal Ítalo Ventura, o exercício físico pode ser usado também como uma forma de aproximar pessoas. Deste modo, ele indica, inclusive, que a atividade seja uma opção interessante para o primeiro encontro.

“Em casa, eu e minha esposa, temos a atividade física presente na nossa história desde o início. A gente saía pra correr juntos, um dos nossos primeiros encontros foi sair pra correr. E isso é legal, isso une a gente como casal. Por que isso é uma estratégia boa, principalmente na fase da paquera? A atividade física promove a sensação de bem-estar, porque a gente libera a endorfina que é o hormônio do bem-estar. Então, quando eu faço uma atividade física, isso melhora liberando endorfina, ajuda a relaxar, ter sensação de prazer, a regular o meu humor, aumentar a minha confiança e autoestima”, explicou Ítalo.

“Então, se eu estou bem do lado de determinada pessoa, que pode ser um namorado, uma namorada, um ficante, uma ficante, um marido, uma esposa, esse bem-estar que eu vou sentir automaticamente também é projetado nessa pessoa, é como se estar com essa pessoa me gere bem estar. O ser humano faz essa associação, então é uma excelente coisa. E outra, é legal porque tem essa associação de prazer e atividade física”, completou.

Ítalo ainda explica sobre a importância da prática em dupla, com apoio mútuo. Em suas redes sociais com mais de um milhão de seguidores, Ventura costuma mostrar um pouco do seu dia a dia ao lado da esposa Flávia Ramos, com quem divide a rotina saudável.

“Eu e minha esposa fazemos muitas coisas juntos, caminhada, yoga, malhação, bike… Às vezes, eu estou cansado e ela diz: ‘ah não, vamos malhar, vamos embora’. Aí eu acabo indo. Ou às vezes ela está cansada e eu já estou com a roupa e um incentiva o outro, então esse compromisso com a outra pessoa ajuda. É igual quando você vai malhar sozinho, é muito mais fácil desistir. Já quando você combina com alguém, a barreira de desistência é mais baixa”, concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos