Erros do Fluminense determinam quatro dos cinco gols na semifinal, e time paga por fragilidade

Fluminense foi derrotado pelo Corinthians em Itaquera (Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense FC)


O Fluminense aumentou seu próprio sarrafo ao longo dos últimos meses. Se antes de Fernando Diniz a expectativa não era tão alta, a chegada do treinador acabou mostrando que o Tricolor poderia sonhar com algo maior. Mas as próprias limitações evidenciaram que o Flu precisaria jogar no limite para almejar mais uma taça na temporada e, nessa lógica, a fragilidade pesou contra na eliminação na semifinal da Copa do Brasil.

O último jogo que o Flu não sofreu gols foi contra o Cuiabá, em 7 de agosto. Desde então, Fábio viu sua rede ser balançada 15 vezes em oito partidas. Ao longo do confronto contra o Corinthians, todos os setores da defesa falharam em algum momento e quatro dos cinco gols foram praticamente dados de presente ao time paulista. Na ida, os dois lances no 2 a 2 nasceram de saída de bola errada. Na volta, o primeiro gol sai após lançamento errado de Fábio e o terceiro é contra de Felipe Melo.

No final do mês passado, logo após o empate no confronto de ida com o Corinthians, o LANCE! fez um levantamento dos gols sofridos pelo Fluminense com Fernando Diniz. Dos 30 levados até aquele momento em 28 jogos, nove aconteceram quando o time tinha a bola nos pés. No total, 11 gols contra o Flu saíram de marcação errada, enquanto nove de saídas erradas, quatro de escanteios, dois de bolas mal afastadas e dois de erros no ataque. Um também foi de falta, com Egídio.

Veja a tabela da Copa do Brasil

Desde então, um golaço de bicicleta de Rony em falha de marcação, assim como no de Pablo para o Athletico. Já diante do Fortaleza, na vitória por 2 a 1, a jogada nasce de um passe errado de Yago Felipe no meio.

Nesse período de oito jogos, o Fluminense concedeu mais chances claras de gol do que vinha fazendo. O Corinthians teve 16 finalizações, sendo seis no gol, nove para fora e uma bloqueada. O número do confronto que mais chama a atenção, porém, é de desarmes: foram 35 do time paulista contra 12 dos cariocas.

O Corinthians agora decide o título da Copa do Brasil contra o Flamengo, que é o próximo adversário do Fluminense neste domingo, às 16h, pelo Campeonato Brasileiro. A queda atrapalha também nas finanças do Tricolor, que é o quarto colocado no torneio nacional e agora busca a vaga na Libertadores.