Entenda os motivos que levaram às vaias ao diretor de futebol do Corinthians


Durante a live show em celebração ao aniversário de 112 anos do Corinthians, o diretor de futebol Roberto de Andrade foi vaiado por cerca de 7 mil torcedores presentes.

+ 112 anos do Timão: relembre 12 momentos marcantes na história do Corinthians

Desde que voltou ao cargo, Roberto é um dos principais alvos das arquibancadas, principalmente das torcidas uniformizadas, que não marcaram presença no evento da última quinta-feira (1º),

Em manifestações recentes, tanto de forma presencial, quanto através das redes sociais, as organizadas que a presença de Roberto é um retrocesso e remete às administrações anteriores.

O Corinthians é administrado por um grupo político que está há 15 anos no clube e que contou com Roberto como presidente entre 2015 e 2018. Além disso, ele foi vice-presidente de Andrés Sanchez entre 2009 e 2011, assumindo o clube interinamente entre dezembro de 2011 e fevereiro de 2012. E a ligação com Andrés é algo que também incomoda bastante parte da Fiel Torcida.

Andrés e Roberto de Andrade
Andrés e Roberto de Andrade

Andrés e Roberto de Andrade se apoiaram em candidaturas à presidência do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag.Corinthians)

Nome que esteve à frente do Timão na reconstrução do clube após a queda à segunda divisão do Campeonato Brasileiro, em 2007, Andrés não encerrou a sua passagem à presidência corintiana com o mesmo prestígio. Isso porque em três anos a dívida do clube cresceu mais de 100% - Sanchez assumiu o cargo com um déficit de R$ 476,6 milhões e entregou com R$ 956,9 milhões.

Roberto de Andrade não esteve na equipe direta de Andrés na passagem mais recente, mas, ainda assim, tem uma ligação direta com o ex-presidente que não está no melhor momento da sua relação com a torcida.

ATUAÇÃO NOS BASTIDORES

Roberto de Andrade é um dos homens de confiança do presidente Duílio Monteiro Alves em relação ao futebol. Com eles, o gerente de futebol Alessandro Nunes forma o trio de pessoas fortes do principal produto do clube.

Duílio, Roberto de Andrade e Alessandro
Duílio, Roberto de Andrade e Alessandro

Roberto de Andrade, Duílio e Alessandro é o trio forte do futebol corintiano (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)

As principais decisões e condução de negócios acabam ficando à cargo do presidente, mas Roberto tem papel importante nas discussões, muito porque possui uma visão de futebol que geralmente é diferente de Duílio e Alessandro.

Além disso, a atividade política de Roberto de Andrade também é vista como importante no dia a dia do clube, principalmente para blindar o futebol de questões extracampo e tentativas de interferências de pessoas de fora do clube no cotidiano do futebol.