Entenda os motivos que levam o Corinthians buscar a renovação com Fábio Santos

Fábio Santos tem cinco gols marcados nesta temporada (Foto: Rodrigo Coca / Ag. Corinthians)


Não interessa se ele já é coroa, lateral velho também faz partida boa. E é nessa máxima que Fábio Santos deve permanecer por, pelo menos, mais uma temporada no Corinthians.

+ TEM TIMÃO NA LISTA! Confira os jogos com maiores rendas no Brasil em 2022

Nos últimos dias, o estafe do jogador e a diretoria corintiana iniciaram as conversas para estender o vínculo, que tem duração até o fim desta temporada. É prevista uma reunião entre as partes nas próximas semanas para alinhar a situação.

Atleta mais velho do Timão atualmente, com 36 anos, Fábio está tranquilo quanto a seu futuro. Se não for para atuar no Corinthians em 2023, a tendência é que ele encerre a carreira. No Brasil, o jogador não pretende atuar por outro clube.

LATERAL QUER RENOVAR

Diferentemente de outros medalhões, como Cássio, Fagner e Gil, que, no fim do ano passado, renovaram os seus contratos até dezembro de 2023, Fábio Santos estendeu até o final deste ano.

A ação foi um consenso entre clube e atleta, que não estavam definidos sobre uma continuidade maior na relação profissional.

Fábio Santos tinha incertezas quanto a sua parte física, enquanto pessoas do futebol corintiano entendiam que o camisa 26 estava em uma fase de encerramento de ciclo.

+ Confira a tabela do Brasileirão e simule os próximos jogo

Como o Time do Povo não negociou Lucas Piton na janela de transferências de 2021, o que era uma previsão, se apostava, então, que o jovem se firmasse no elenco profissional. Com isso, também se estimava uma participação cada vez menor de Fábio Santos na equipe corintiana.

O movimento de revezamento entre os atletas nos jogos teve a sua ideia já projetada no fim do ano passado, levada ao grupo na pré-temporada e definida pelo então treinador Sylvinho nos primeiros jogos do ano. Ao chegar, Vítor Pereira acabou mantendo o modelo, pois adotou o esquema de rodízio geral.

Passados quase nove meses, Fábio Santos entende que tem gás para mais um ano. E deve ser esse o tempo de contrato firmado, caso definido pela renovação. Ainda não houve conversas entre o Timão e os representantes do lateral sobre isso, mas dificilmente haverá um cenário onde as partes acreditem que o jogador tenha físico para suportar dois anos ou mais no clube.

A DIRETORIA ESTÁ CONVENCIDA QUE A RENOVAÇÃO É POSITIVA

E esse convencimento tem nome e sobrenome: Vítor Pereira.

O treinador se preocupa com o envelhecimento do elenco, mas vê em Fábio Santos uma grande válvula de escape, principalmente em partidas decisivas.

Segundo informações levantadas pelo L!, Vítor confia bastante no aspecto defensivo de Fábio, o que não acontece com Lucas Piton. E como o Corinthians não tem jogadores pelo lado esquerdo que recompõem como algumas peças que atuam pela direita, VP taxa como importante ter um atleta do porte de Fábio no grupo.

Além disso, Vítor Pereira também gosta da liderança de Fábio Santos. O camisa 26 é um dos veteranos que ficam mais próximos da garotada mais nova.

RELAÇÃO ENTRE AS PARTES

Por estar tranquilo sobre o seu futuro e confiar na direção corintiana, Fábio Santos pouco participa das tratativas pela renovação.

Para o jogador, tudo está nas mãos das partes que conversam, principalmente do desejo do Corinthians em contar com ele no ano que vem.

Fábio foi companheiro de clube com Alessandro, com quem conquistou a Libertadores e o Mundial de Clubes, em 2012, como jogadores. O lateral-direito atualmente é gerente de futebol corintiano.

Mas, além de Alessandro, Fábio Santos se dá bem com o diretor Roberto de Andrade e o presidente Duílio Monteiro Alves.