Entenda o que ocorre na relação entre Endrick, do Palmeiras, e o empresário Wagner Ribeiro

Endrick desmentiu Wagner Ribeiro publicamente na última quinta-feira (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)


Na última quinta-feira, um desencontro de informações confundiu a cabeça do torcedor do Palmeiras e ele envolveu a joia Endrick e o empresário Wagner Ribeiro. Embora o agente tenha falado como representante do garoto em um evento da CBF, o atleta em seguida tratou de desmenti-lo publicamente. Dessa forma, o LANCE! procurou entender o que acontece nesta relação entre as partes.

> Confira os públicos do Palmeiras no Allianz Parque em 2022

> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

É possível dizer que as declarações de Wagner não caíram bem entre o estafe de Endrick, tanto é que a reação do garoto foi praticamente imediata quando as falas do empresário começaram a pipocar nas redes sociais. Principalmente na questão da possível estreia no profissional neste sábado e nas visitas que ele teria feito a clubes europeus. Algo que foi desmentido para a reportagem.

Durante o evento da CBF, Wagner falou como se fizesse parte do "time" de Endrick, mas segundo pessoas ouvidas pelo LANCE!, isso não é a realidade. Houve sim uma relação no momento da captação do jovem há alguns anos, no entanto atualmente não há nenhum contrato assinado ou permissão para negociar em nome do jogador, isso está nas mãos dos representantes (os pais e a TFM Agency).

- Fizemos o contrato profissional dele recentemente, colocamos uma multa de 60 milhões de euros, porque ele recebeu uma luva na mão com um valor muito bom, muitíssimo bom, que nenhum jogador brasileiro nessa idade de 16 anos recebe, um salário também fantástico, e parece que sábado agora ele estreia - disse Wagner durante evento da CBF na última quinta-feira.

- Como assim!? Meus representantes são meus pais e a TFM. Só eles conhecem e podem falar sobre meus planos. Nunca visitei o PSG e o Milan, não tenho data de estreia marcada, nem de saída, e nunca estive tão feliz no Palmeiras. Não acreditem em tudo que ouvem por aí - postou o jovem de 16 anos em seu perfil no Twitter.

Outra coisa que foi desmentida por Endrick foi a possível estreia profissional neste sábado, diante do Juventude. A reportagem ouviu de pessoas envolvidas no assunto que a possibilidade aventada por Wagner Ribeiro seria real, mas de outro lado, com mais veemência, a chance foi descartada com a explicação de que não há confirmação, e quem decide isso é Abel Ferreira e sua comissão, ninguém mais.

- O Abel, em uma entrevista disse que ele (Endrick) tinha que ir para a Disney. Aí nós o levamos para Euro Disney, ele conheceu o PSG, o Real Madrid, a Inter e o Milan - contou o agente em evento da CBF.

Algo que também não caiu bem para os lados do jogador foi a fala de Wagner sobre sua estadia na Europa no início deste ano, na qual ele teria visitado o PSG e o Milan. A informação foi negada pelo próprio Endrick publicamente. Segundo apuração do LANCE!, o garoto foi apenas assistir a um jogo de Champions do time parisiense.

Por ser menor de 18 anos, Endrick não pode ter um empresário formal, o que ele pode ter são representantes que, como dito acima, são seus pais e a TFM Agency. A previsão é de que o jovem possa fazer sua estreia profissional ainda neste ano e pode pintar como relacionado em alguma partida, mas nada prometido ou marcado. Ele vem treinando frequentemente com o elenco principal.