Endrick espera ajudar o Palmeiras a conquistar título mundial: 'Dá para buscar o bi'

Endrick acredita que Verdão possa conquistar a Liberta e ir forte para o Mundial (Foto: Reprodução/TV Palmeiras)


A primeira entrevista coletiva de Endrick no Palmeiras aconteceu quando assinou seu primeiro contrato profissional, no dia de seu aniversário. Na ocasião, sócios-torcedores do clube puderam fazer perguntas à joia alviverde, que concedeu respostas muito sinceras.

GALERIA

> Ranking lista os melhores times sul-americanos do momento; veja
> Veja cinco dicas do Cartola para a 20ª rodada do Brasileirão

Uma das maiores promessas do Verdão, agora com 16 anos, tem uma meta bem traçada para o futuro: o Mundial de Clubes. Inscrito nesta sexta para a disputa da Copa Libertadores, o garoto espera ajudar o clube a levantar as grandes taças em questão.

- Dá para conquistar o bimundial. Se a gente ganhar essa Libertadores agora, creio que não vai passar em branco, vamos ser campeões. É fácil falar, mas dentro de campo é outra coisa. Se Deus quiser nós vamos ser campeões e que eu possa estar no elenco ajudando - afirmou.

TABELA

> Clique e confira a tabela completa e simulador do Brasileirão!

Destaque na base palmeirense nos últimos anos, tendo conquistado todos os títulos da categoria com a camisa alviverde, com menção mais que honrosa para a Copinha-2022, Endrick comentou sobre as dificuldades em conciliar estudo e carreira no futebol.

- É difícil conciliar a carreira com o estudo. Eu ainda sou uma criança, um garoto. Tenho que estudar, estou no primeiro ano do Ensino Médio. Então tem que conciliar bem. Tenho pessoas ao meu lado que me aconselham. Sempre que é possível faço as lições. É difícil, muito corrido. Tem treino de manhã, personal, vou começar a fazer aulas de outras línguas… Mas sempre temos que ter pessoas nos auxiliando, não é fácil. Eu sou uma criança ainda, preciso da cabeça no lugar e muita humildade. Deus colocou pessoas certas na minha vida - concluiu ao desabafar.

Endrick assinou contrato com o Palmeiras até o final de 2025 e pode começar a atuar junto do elenco principal, apesar de existir uma cautela – necessária – do treinador Abel Ferreira em relação à joia. A história está apenas começando.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos