Empresário Wagner Ribeiro paga parte da pensão para não ser preso

Empresário Wagner Ribeiro ao lado de Neymar (Foto: Reprodução/Instagram)


Notificado pela Justiça sobre uma dívida de pensão alimentícia no início da semana, o empresário Wagner Ribeiro chegou a um acordo com a ex-companheira. De acordo com o 'UOL', o agente esportivo, que já participou de negociações de craques como Neymar e Kaká, pagou parte do valor para não ser preso.

+ Saiba quem é a modelo que expôs troca de mensagens com Neymar e convite para visitar Paris

- Passamos a tarde de hoje negociando a dívida e por conta do bom senso de todos foi possível chegar em um acordo. Este desfecho foi melhor para todos, em especial, para os filhos do Wagner, que são o motivo dele viver - afirmou Marina Dinamarco, advogada do empresário.

+ Ex-jogador do Corinthians ganha emprego em fábrica após luta contra dependência química

Segundo o portal, Wagner já pagou mais da metade do valor, que é de R$ 641 mil, e quitará o restante em parcelas. O pedido foi expedido no último dia 6 de julho pela 2ª Vara Cível de São João da Boa Vista. Caso não chegasse a um acordo, Ribeiro poderia ser detido por 30 dias.

+ Fenômeno, Zanetti, Petkovic... Lista de craques no documentário de Adriano Imperador é 'pesada'

- Finalmente conseguimos um acordo, depois de uma negociação tensa. E agora a gente espera que ele cumpra com os pagamentos do acordo e da pensão dos filhos - comentou Rodrigo Silveira, advogado da ex-companheira de Wagner Ribeiro, com quem o agente tem dois filhos menores de idade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos