Empresário espanhol ataca Vini Jr com termo racista: 'Tem que parar de fazer macaquice'


Presidente da Associação Espanhola de Empresários de Jogadores, Pedro Bravo usou um termo racista para criticar o brasileiro Vini Jr, nesta quinta-feira. Durante o programa de TV espanhol 'El Chiringuito', o agente disse que o atacante deveria 'parar de fazer macaquice'.

+ Neymar tem força reduzida no FIFA 23: veja o overall do atacante no game ao longo do tempo

- Você tem que respeitar o rival. Se quer dançar, que vá ao sambódromo no Brasil. Aqui o que você tem que fazer é respeitar os companheiros de profissão e deixar de fazer macaquice - comentou Bravo, que foi prontamente criticado por outro participante do programa.

+ AO VIVO E DE GRAÇA: LANCE! vai transmitir ao vivo e de graça jogos da Bundesliga a partir deste sábado. Confira todas as informações sobre o torneio e transmissão aqui.

A discussão foi iniciada por conta das comemorações de Vinicius Junior, que dança após marcar gols. Koke, do Atlético de Madrid, disse que vai haver confusão caso o brasileiro dance ao marcar um gol no clássico que ocorre neste domingo, pelo Campeonato Espanhol. Após a declaração, Bravo foi às redes sociais e pediu desculpas.

+ Luva de Pedreiro, saúde mental e fama precoce: especialistas analisam fase de influencer

- Quero esclarecer que a expressão "fazer macaquice" que utilizei mal ao qualificar a dança do Vinicius na comemoração dos gols foi de maneira metafórica ("fazer idiotices"). Como minha intenção não foi de ofender ninguém, peço sinceramente desculpas. Sinto muito! - escreveu.

Vini  Jr. - Real Madrid
Vini Jr. - Real Madrid

Vini  costuma comemorar os gols dançando (Foto: Thomas COEX / AFP)