Emerson Royal revela ação rápida para não ser baleado: 'Destravou a arma pra atirar em mim'

Emerson deu um tapa na mão do bandido (Foto: Reprodução/SporTV)


Lateral do Tottenham, Emerson Royal concedeu entrevista ao 'Bem, Amigos', do SporTV, onde falou sobre o assalto sofrido na saída de uma casa noturno em Americana, interior de São Paulo. O jogador deu detalhes da ação do bandido e disse que teve que agir rápido para não ser baleado.

- A gente estava em uma casa noturna de um amigo nosso, ia fazer um pagode. Quando foi umas 2h50 da manhã, a gente foi sair. E o estacionamento tá do outro lado da rua. E quando estou chegando no estacionamento, o bandido entra na minha frente, põe a arma na minha cara e fala: 'dá o relógio e a corrente - iniciou.

+ Emerson Royal tranquiliza seguidores após assalto

- Eu fui me aproximando dele, falei: 'calma, tranquilo, tá todo mundo tranquilo'. E quando eu entrego o que ele queria [o relógio], ele afasta e destrava a arma pra atirar em mim. Quando ele vai atirar, eu empurro ele, dou um tapa na arma, e ele atira para o alto. Foi nesse momento: quando eu empurro ele, ele desequilibra, e o policial acerta o tiro nele - completou.

+ Gabriel Jesus é oferecido ao Real Madrid, Bruno Henrique é cobiçado por Jorge Jesus… O Dia do Mercado!

Emerson contou ainda que nesse momenTo o bandido começa a atirar para todos os lados. Apesar da situação, ninguém ficou ferido.

- E eu falo: é Deus. Estava todo mundo em um quadrado, todos em um quadrado pequeno, umas 15 pessoas mais ou menos, e ele começa a disparar para todo lado e não acerta ninguém. Ele deu 17 ou 19 tiros, se não me engano - completou.