Emerson Leão dá novo não ao Santos após ligação do presidente Rueda

Emerson Leão foi campeão do Brasileirão com o Peixe em 2002 (Foto: Eduardo Viana/LANCE!Press)


Em entrevista ao Uol Esporte, Emerson Leão, ex-técnico do Santos, afirmou ter sido convidado pelo presidente do Peixe, Andres Rueda, para ser o novo executivo de futebol do clube. Só que ele recusou o emprego. Em julho deste ano, o ex-goleiro também negou a proposta.

"Já recebi vários convites e não aceitei, só que aprendi no futebol e na vida a não dizer jamais. O Santos me procurou, o presidente me telefonou várias vezes. Tive diálogo telefônico com ele e mostrei que não era possível. Agradeci o convite e a confiança", disse Leão.

O profissional afirmou que o convite não o balançou em razão do atual momento de sua vida, que passa por reconstrução. Leão reforçou o carinho que tem pelo Santos. Recentemente, o Peixe procurou Vanderlei Luxemburgo, mas também não deu certo.

"Sinceramente, não. Não tinha conversado com o Rueda ainda, ele é tranquilo. Gostaria de ajudá-lo, mas estou num momento de vida de reconstrução e não foi possível agora. Tenho carinho especial pelo Santos e isso não vai mudar", completou Leão.

Não é a primeira vez que a gestão liderada por Andres Rueda procura um profissional com experiência dentro das quatro linhas e, de preferência, com histórico no clube. Só que a estratégia não vem dando certo. O ex-treinador Alexandre Gallo e o próprio Leão já recusaram propostas em um passado não tão distante.

Leãoficou marcado por comandar a geração Meninos da Vila no título do Campeonato Brasileiro de 2002. Mas antes disso o treinador já havia trabalhado no Peixe e conquistado a Copa Conmebol de 1998. No Santos, Leão dirigiu o clube em três oportunidades: anos de 1998-1999, 2002-2004 e 2008.