Em tarde de homenagens para Tencati, Londrina e Criciúma ficam no empate

Claudio Tencati recebe homenagem do Londrina (Foto: Rodrigo Saviani/RPC)


Neste sábado (30), a tarde foram dos zagueiros. Primeiro, Gustavo Vilar contou com a ‘ajuda’ do goleiro Matheus Nogueira para marcar um gol contra bizarro. Logo depois, ainda na primeira etapa, Denilson deixou tudo igual e a partida entre Londrina e Criciúma, no estádio do Café, terminou em 1 a 1 pela 21ª rodada da Série B.

Com o resultado, o Londrina fica na sétima colocação com 30 pontos conquistados, por outro lado, o Tigre está logo atrás, com 28, em nono. No próximo sábado (6), o Tubarão viaja para pegar o Novorizontino, às 19h (de Brasília). Enquanto isso, na terça-feira (2), os catarinenses pegam o Sport, fora de casa.

Homenagem para Tencati!

Antes da bola rolar no Estádio do Café, Cláudio Tencati foi homenageado pelo clube paranaense. Adilson Batista, técnico do Tubarão, entregou uma camisa ao comandante do Tigre pelos serviços prestados durante oito temporadas. O número 278 na parte de trás da peça representa a quantidade de partidas disputadas pelo treinador.Tencati teve duas passagens pelo Londrina. Na primeira, foi campeão da Série B do estadual (2011), do Paranaense (2014) e da Primeira Liga (2017). Ele também comandou o time nos acessos da Série D do Brasileiro para a Série B.

Bola rolando!

Com o início da partida, as equipes mostraram muita movimentação e opções de jogo. A primeira finalização com mais perigo surgiu do atual time de Tencati. Aos 10 minutos, Helder cobrou escanteio rápido, encontrou Marquinhos Gabriel dentro da área e o meia finalizou por cima.

Mais tarde, o Londrina respondeu com chute por cima de Caprini. Aos 25 minutos, um lance inacreditável. Gustavo Vilar recebeu bola de Denilson e passou para Matheus Nogueira, só que o goleirão estava mal colocado e desatento. A bola entrou de forma bizarra e o Criciúma abriu o placar.

Enquanto um zagueiro faz contra, outro marcou a favor. Posteriormente, aos 40’, Caprini cobrou escanteio, Denilson se antecipou a defesa do Tigre e testou bonito para o fundo das redes.

​E o jogo?

Na volta do intervalo, as equipes voltaram um pouco mais tímidas, mas o Criciúma teve melhores ações ofensivas, mesmo sem levar perigo. Os times estavam bem equilibrados, com muita disputa, mas não conseguiam sequer uma finalização com mais ênfase ao gol.

Os goleiros foram completamente esquecidos na segunda etapa no estádio do Café.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA
Londrina x Criciúma
Local:
Estádio do Café, Londrina-PR
Data/horário: 30/07/2022 - 16h (de Brasília)
​Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Tiago Gomes da Silva (GO)
Quarto árbitro: Cristian Eduardo Gorski da Luz (PR)
Árbitro de vídeo (VAR): Igor Junio Benevenuto de Oliveira (Fifa-MG)
Cartões amarelos: Denilson, Johnny Lucas (Londrina), Cristovam, Hélder, Gustavo Cazonatti (Criciúma)
Cartões vermelhos: -
GOLS: Gustavo Vilar (contra) (25’/1T) (0-1), Denilson (40’/1T) (1-1)

Londrina - Técnico: Adílson Batista
​Matheus Nogueira; Denilson (Mandaca - intervalo), Saimon, Vilar e Alan Ruschel; João Paulo, Jhonny Lucas, Gegê e Caprini; Douglas Coutinho (Mirandinha 25’/2T) e Gabriel Santos (Matheus Lucas 17’/2T).

Criciúma - técnico: Cláudio Tencati
​Gustavo; Cristovam, Rodrigo, Henriquez e Hélder; Gustavo Cazonatti (Marcos Serrato 30’/2T), Arilson (Fellipe Matheus 31’/1T) Léo Costa e Marquinhos Gabriel (Zé Marcos 46’/2T); Lohan (Hygor 46’/2T) e Thiago Alagoano (Lucas Xavier 30’/2T).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos