Em súmula, árbitro justifica expulsão de Jô, após Flamengo x Ceará: "Ofendido"

Foto: Gabriel Bastos/Onzex/LancePress!


Autor do gol de empate do Ceará contra o Flamengo, o atacante Jô levou cartão vermelho logo no início do segundo tempo. O jogo aconteceu neste domingo (4), pela 25ª rodada do Brasileirão, no Macaranã.

Na súmula, o árbitro Paulo Zanovelli da Silva, de Minas Gerais, justificou:

- Expulsei de forma direta por socar o ar em minha direção, proferindo as seguintes palavras a mim: "Vai tomar no c*", "foi mão". Me senti ofendido pelas atitudes narradas acima - escreveu o árbitro, se referindo ao lance da expulsão.

Na jogada, Jô ficou irritado por um toque de mão de Arturo Vidal, que não foi marcado. O atacante soltou o verbo na frente do árbitro e foi expulso. Jogadores do Ceará cercaram o árbitro e o próprio Jô demorou a deixar o gramado, inconformado com a expulsão.