Em Porto Alegre, Grêmio atropela o Sport e assume a vice-liderança da Série B

Grêmio mostrou superioridade em sua Arena para vencer o Sport, pela Série B (Foto: Divulgação/Grêmio)


Em duelo na parte de cima da tabela, Grêmio e Sport entraram em campo na noite desta terça-feira, na Arena do Grêmio, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. E o Tricolor não deu chances ao rival. Apesar de uma primeira etapa sem gols, garantiu a vitória na etapa complementar com gols de Biel, Lucas Leiva e Bitello, fechando a conta em 3 a 0, aliviando sua situação na briga pelo acesso.

Com o resultado, o time gaúcho chegou aos 53 pontos, pulando para o 2º lugar na classificação, porém torcendo para um tropeço do Bahia, que jogará no próximo sábado (24), diante do Operário-PR, para se manter na vice-liderança. Por outro lado, a equipe pernambucana, por conta do tropeço, acabou estacionando na 6ª posição, podendo descer alguns degraus na sequência da rodada.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

GRÊMIO IMPÕE PRESSÃO NO INÍCIO

Fazendo valer o fator casa, a equipe mandante não demorou muito tempo para buscar o ataque. Com isso, até meados dos 15 minutos, além de intensificar a marcação, teve boas chances com Lucas Leiva e Bitello, porém ambas sem sucesso para frustração da torcida local.

Na sequência, até meados dos 30 minutos, o Leão passou a equilibrar um pouco mais as ações em campo. Entretanto, não muito diferente de como foi por parte do rival, também desperdiçou algumas oportunidades como as Ronaldo Henrique e Giovanni.

PANORAMA SE MANTINHA IGUAL

Até meados dos acréscimos dados pela arbitragem, os times seguiam criando. Porém, ambas as defesas se mostraram atentas mantendo o placar zerado na etapa inicial.

IMORTAL FINALMENTE ABRE O PLACAR E AMPLIA NA SEQUÊNCIA

No retorno para a segunda etapa, a equipe do Grêmio, assim como foi no primeiro tempo, não permitiu que o adversário jogasse. Com isso, logo aos 5 minutos, tirou o zero do marcador com Biel, após boa tabela entre Guilherme, Bitello e Diego Souza, fazendo com que o camisa 29 rolasse para seu companheiro de time bater rasteiro sem chances para o goleiro Saulo.

Aproveitando o bom momento, manteve o ritmo. E se deu bem. Aos 13 minutos, após uma cobrança de falta, Diego Souza desviou de cabeça com a bola sobrando para Lucas Leiva que mandou uma bomba para fazer 2 a 0 com direito a festa da torcida nas arquibancadas.

GAÚCHOS FECHAM A CONTA

Percebendo o Tricolor impor seu ritmo, o técnico Claudinei Oliveira optou por fazer algumas mudanças, visando uma possível recuperação. Focando a parte ofensiva, colocou Labandeira e Wanderson buscando aumentar seu poder de ataque.

Por outro lado, Renato não perdeu tempo também. Respondendo às mudanças, resolveu tirar Lucas Leiva e Edilson para dar lugar a Lucas Silva e Rodrigo Ferreira. E as trocas surtiram efeito. Aos 28 minutos, não muito diferente da jogada do último tento, desta vez foi Guilherme quem ajeitou de cabeça após cruzamento para a área, fazendo com que a bola sobrasse para Bitello que mandou para o fundo da rede.

Já nos últimos momentos, com o jogo praticamente resolvido, o Grêmio apenas administrou o resultado, com direito a comemoração da torcida no apito final.

FICHA TÉCNICA
Grêmio 3x0 Sport

Data e horário: 20/09/2022 - 19h (de Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Assistentes: Daniel Luis Marques (SP) e Evandro de Melo Lima (SP)
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)

Cartões amarelos: Thiago Santos, 36'/1ºT; Sander, 41'/1ºT; Edilson, 17'/2ºT; Lucas Leiva, 20'/2ºT; Diogo Barbosa, 42'/2ºT; Bruno Alves, 47'/2ºT

Gols: Biel, 5'/2ºT (1-0); Lucas Leiva, 13'/2ºT (2-0); Bitello, 24'/2ºT (3-0)

GRÊMIO: Brenno; Edilson (Rodrigo Ferreira, aos 20'/2ºT), Geromel, Bruno Alves e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Lucas Leiva (Lucas Silva, aos 20'/2ºT) e Bitello (Elkeson, aos 34'/2ºT); Biel (Pedro Lucas, aos 40'/2ºT), Diego Souza e Guilherme (Jhonata Robert, aos 34'/2ºT). (Técnico: Renato Portaluppi)

SPORT: Saulo; Eduardo, Rafael Thyere (Fábio Alemão, aos 16'/2ºT), Sabino e Sander (Wanderson, aos 12'/2ºT); Ronaldo Henrique, Fabinho e Giovanne (Labandeira, 12'/2ºT); Luciano Juba, Gustavo Coutinho e Vagner Love (Thiago Lopes, aos 33'/2ºT). (Técnico: Claudinei Oliveira)