Em Porto Alegre, Cruzeiro não vence o Grêmio há cinco anos

Dos últimos cinco jogos, independente do mando de campo, a equipe estrelada venceu apenas um; retrospecto geral, no entanto, é favorável ao Cruzeiro - (Foto: Edson Vara/ Lightpress/Cruzeiro)


No próximo domingo, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, o Cruzeiro visita o Tricolor Gaúcho, pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A partida marca o embate entre dois times que estão no grupo de acesso à elite do futebol brasileiro.

No entanto, se depender do restrospecto recente, a equipe gaúcha leva vantagem, especialmente jogando em casa. Em Porto Alegre, o Grêmio não é derrotado pelo Cruzeiro desde 2017, quando amargou um revés por 1 a 0, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro daquele ano.

Além disso, desde então, sem contar mando de campo, são cinco partidas entre as equipes, com três vitórias gremistas, um empate e apenas um triunfo celeste. O jogo de domingo será apenas o segundo pela Série B. No primeiro, justamente na primeira metade da competição, vitória da Raposa, por placar mínimo, em Belo Horizonte.

Se recentemente, a história é favorável ao Grêmio, o torcedor cruzeirense se apega no retrospecto geral. Ao todo, em 79 confrontos, são 34 vitórias do Cruzeiro, contra 25 placares vantajosos ao Tricolor, além de outras 20 igualdades.

No domingo, uma vitória da equipe de Paulo Pezzolano pode significar, além do fim do jejum, um passo gigantesco rumo ao retorno à elite. No momento, o Departamento de Matemática da UFMG coloca o Cruzeiro com 99,97% de chance de ascender à Primeira Divisão - o Grêmio tem 88,7% das probabilidades.