​Em nova função no Botafogo, Hugo ganha destaque e 'oferece sombra' a Marçal


Nova formação e crescimento do rendimento. Esse é o panorama do Botafogo a partir do momento que reencontrou o caminho das vitórias na Série A do Brasileirão. Neste contexto, Hugo, lateral-esquerdo revelado pelo clube, agarrou as oportunidades dadas por Luís Castro e tem se tornado fundamental no esquema alvinegro.

+ Textor vê 'relação natural' com Lyon e projeta: 'Espero que o Botafogo seja o melhor formador do Brasil'

Após quatro derrotas em sequência, o técnico do Botafogo mudou a forma do time jogar. Assim, Castro escalou a equipe com três zagueiros para dar mais segurança ao sistema defensivo.

Com a zaga protegida, o Glorioso precisou dar mais amplitude ao ataque. Desta forma, devido as características ofensivas, Hugo entrou no time titular desde a vitória sobre o São Paulo e tem dado conta do recado.

Mapa de calor
Mapa de calor

Comparativo de mapa de calor entre Daniel Borges e Hugo (Foto: SofaScore)

Antes, devido ao grande número de desfalques, Daniel Borges era o dono da posição. Contudo, conforme o mapa de calor acima, o camisa 20 é mais defensivo ao jogar improvisado no lado esquerdo. Por outro lado, Hugo é mais agudo e faz mais jogadas até a linha de fundo. O que, no caso, favorece a nova formação proposta.

+ Parceria no Botafogo? Veja jogadores sem espaço no Lyon, novo clube de John Textor

Neste sentido, depois da virada heroica sobre o Internacional, o camisa 16 foi questionado sobre assumir a titularidade da lateral-esquerda. Para o jogador, o elenco tem que estar preparado para abraçar qualquer chance dada pelo treinador português.

- Qualquer jogador tem que estar preparado para fazer qualquer função. O Dani estava numa boa fase e mereceu estar ali. Quando surgem as oportunidades, temos que abraçar - declarou Hugo.

CHEGADA DE FERNANDO MARÇAL
Hugo marcou o primeiro gol como profissional e tem acumulado boas atuações dias depois que o Botafogo confirmou a contratação de Fernando Marçal, um dos principais reforços do Alvinegro para a temporada.

+ VEJA A TABELA DO BRASILEIRÃO

O lateral-esquerdo chega no melhor momento de Hugo desde que subiu ao time profissional. As características dos dois, contudo, são bem diferentes: enquanto a cria da base é marcada por ir ao ataque, o recém-contratado é mais equilibrado.

Marçal, inclusive, chegou a atuar como zagueiro nesse esquema com três defensores. Foi no Lyon semifinalista da Champions League em 2020, quando ele cobria os espaços justamente para liberar o corredor ao ala do setor.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos