Em nova decisão pelo Corinthians, Fagner cita falha como aprendizado: 'Não pode aceitar o erro'


Campeão da Copa do Brasil pelo Vasco em 2011, Fagner terá a oportunidade de aumentar sua prateleira de títulos no Corinthians e conquistar pela primeira a taça do torneio mata-mata pelo Timão.

+ Adson entra bem, e Renato Augusto conduz Corinthians à final da Copa do Brasil; veja notas

No currículo, o jogador tem títulos do Campeonato Paulista (2017, 2018 e 2019) e Brasileiro (2015 e 2017) pelo clube alvinegro.

Após a vitória por 3 a 0 sobre o Fluminense, o lateral-direito falou sobre como o elenco enxerga a possibilidade de título na Copa do Brasil e citou as dificuldades que o grupo passou ao longo da temporada.

- Acho que é um título almejado por todos. A gente sabe a importância, principalmente se tratando de uma Copa do Brasil. Tivemos algumas dificuldades durante o ano, alguns com lesões, outros que acabaram chegando. O importante é a gente montar uma boa estratégia para fazer dois grandes jogos - disse o defensor na zona mista da Neo Química Arena.

+ LANCE! transmite ao vivo e de graça jogos da Bundesliga a partir deste sábado. Confira todas as informações sobre o torneio e transmissão

Com 41 jogos disputados pelo clube alvinegro na Copa do Brasil, o camisa 23 só fica atrás do goleiro Cássio, que entrou em campo 49 vezes pelo Time do Povo no torneio nacional.

A final contra o Flamengo pode ser a oportunidade ideal para Fagner deixar para trás o gosto amargo do vice-campeonato em 2018, contra o Cruzeiro, e os erros recentes na temporada.

No primeiro jogo da semifinal, o lateral-direito cometeu pênalti em Arias logo no primeiro minuto da partida no Maracanã, complicando a estratégia corintiana no Rio de Janeiro.

+ Confira a tabela do Brasileirão e simule os últimos jogos

- A situação do pênalti poderia ter acontecido com qualquer atleta. A experiência nos dá o discernimento de entender que você pode acertar no primeiro minuto ou pode errar, como eu fui feliz também no último minuto na assistência por Roger. Então eu acho que a gente tem que ter a cabeça boa, o erro faz parte do futebol - ponderou o atleta.

Uma das lideranças do elenco alvinegro, Fagner não se abalou e foi referência no sistema defensivo da equipe na segunda partida contra o Flu, somando seis desarmes, 75% de passes certos e 100% de aproveitamento nos duelos ganhos, segundo o SofaScore.

- Acho que você só não pode aceitar o erro. Ninguém é máquina, ninguém vai acertar tudo, mas a gente tem que estar sempre buscando evoluir, buscando acertar. Acho que esse aqui é o mais importante - concluiu Fagner.

Antes do primeiro duelo contra o Flamengo, pela partida de ida da final da Copa do Brasil, o Corinthians enfrenta o América-MG neste domingo (18), pela 27ª rodada do Brasileirão.

Fagner - Corinthias x Goiás
Fagner - Corinthias x Goiás

Fagner em ação pelo Timão (Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians)