Em meio a maratona pesada, Galoppo pode ganhar chance como titular no São Paulo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Giuliano Galoppo quase marcou contra o Coelho (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Prestes a enfrentar uma sequência dura de jogos, Galoppo pode ganhar chance como titular no São Paulo. A estreia do jogador contra o América-MG foi elogiada pelos torcedores e pelo próprio técnico Rogério Ceni.


> ATUAÇÕES: Luciano marca, Galoppo estreia bem, e Thiago Couto tem redenção em vitória do São Paulo

> Veja tabela do Campeonato Brasileiro e simule os próximos jogos

O camisa 14 surge até mesmo como uma opção para reestruturar o meio de campo. No último confronto do Tricolor, na vitória contra o Coelho, o desempenho dos titulares na posição foi abaixo. Rodrigo Nestor e Igor Gomes, por exemplo, não conseguiram corresponder as expectativas. Para o porte do duelo, válido pelo jogo de ida nas quartas de final da Copa do Brasil, a atuação esperada era outra.

Galoppo entrou em campo aos 31 minutos da etapa final, no lugar de Luciano, que deixou o gramado sentindo dores na coxa. Porém, o ex-Banfield surpreendeu em seu primeiro jogo com a camisa do clube.

Bem posicionado, quase estreou balançando as redes. Aos 41 minutos da etapa final, após um cruzamento de Welington, tentou a finalização. A bola passou perto do gol, em uma boa chegada na área do Coelho.

Durante a coletiva de imprensa pós jogo, Rogério Ceni destacou as características do atleta e ressaltou a sua polivalência. Para o treinador, o argentino consegue atuar em diversas posições e esquemas de jogo - o que pode ser mais um indicativo de uma titularidade próxima, muito por conta da versatilidade que apresenta.

Outro ponto que pode render espaço para Galoppo, como dito antes, é o calendário puxado do São Paulo. Além do jogo deste domingo (31), contra o Athletico-PR, na próxima semana enfrenta o Ceará, pela Copa Sul-Americana, e o Flamengo, pelo Brasileiro.

Em agosto, além destas duas partidas próximas e das outras rodadas do Brasileirão, há o reencontro com o Coelho, pela Copa do Brasil. Assim, para evitar desgastes, Ceni deve optar por uma rotatividade maior do elenco, prezando pelos reforços - principalmente por Galoppo e Marcos Guilherme.

- Eu vejo ele jogando na ponta do tripé, dos dois lados, ele prefere até o lado esquerdo, se for no 442 ele pode fazer a função de segundo volante como um homem que pode fechar pelos lados, é um jogador tem qualidade. Pelo pouco que nos vimos ele tem qualidade técnica, ele treinou muito pouco com o time, tem pouco conhecimento com o sistema, ele precisa de um pouco de tempo. Temos dois treinos, para analisar e pensar o que é possível para esse jogo de domingo - disse o treinador - disse o treinador tricolor.

O camisa 14 - junto a Marcos Guilherme - deve estar presente entre os relacionados para o jogo de domingo (31), contra o Furacão, que acontece às 16h, no Joaquim Américo Guimarães. O Tricolor não conta com a volta dos contundidos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos