Em má fase, Atlético-MG pode superar marca negativa do ano do rebaixamento

Equipe alvinegra terá jogo difícil contra o Palmeiras, na próxima quarta-feira, no Mineirão, em Belo Horizonte - (Foto: Pedro Souza/Atlético-MG)


Há seis partidas sem vencer como mandante na temporada, diante do Red Bull Bragantino, o Atlético-MG igualou uma sequência negativa do ano de 2005, que marcou seu rebaixamento. Agora, contra o Palmeiras, o Galo busca evitar que esse feito seja superado.

À época, o time alvinegro ficou seis jogos sem vitórias em casa, contra Internacional, Paraná, Cruzeiro, Palmeiras, Fortaleza e Goiás. Na atual temporada, os comandados de Cuca não vencem como mandante desde que derrotaram o Emelec, ainda pela Libertadores, no dia 05 de julho.

Desde então, são três empates contra São Paulo, Palmeiras e Red Bull Bragantino, e outras três derrotas, diante de Internacional, Corinthians e Góias.

Entretanto, evitar o recorde negativo, não será uma das tarefas mais simples para o Galo. Acontece que o adversário é o Palmeiras, que além de líder do Brasileirão, é o melhor visitante da competição.

Além do mais, para a partida, Cuca não contará com Guilherme Arana, Igor Rabello e Pedrinho, lesionados, além de Rubens, suspenso pelo acúmulo de cartões amarelos. Hulk e Zaracho, entregues ao Departamento Médico, ainda são dúvidas.