Em jogo de duas viradas, Fluminense vence o Goiás e fica em terceiro no Brasileirão


Não dá para reclamar de falta de emoção. Nesta quarta-feira, o Fluminense saiu na frente, levou a virada e conseguiu mesmo assim a vitória por 3 a 2 sobre o Goiás no Estádio da Serrinha. O confronto foi válido pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro e teve gols de Jhon Arias, Germán Cano e Willian Bigode pelo lado dos visitantes, que chegaram a nove jogos sem perder, além de Pedro Raul e Nicolas para os mandantes.

Com o resultado, o Flu pula para a terceira posição do Brasileirão, com 31 pontos. Já o Goiás cai para 14º, com 21 pontos. Na próxima rodada, o Fluminense enfrenta o Red Bull Bragantino no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, no domingo, às 16h. No sábado, o Goiás visita o São Paulo no Morumbi às 19h.

Veja a tabela da Série A do Brasileirão

MOVIMENTADO

A partida começou bem agitada para os dois lados. Mesmo com o Fluminense tendo uma postura mais agressiva normalmente, inclusive chegando bem com Nino exigindo grande defesa de Tadeu, o Goiás também foi para cima e teve boa chance com Pedro Raul, evitada por Fábio, e Luan Dias. O lance mais comentado, porém, foi um que o time da casa pediu pênalti depois de a bola bater na mão de Samuel Xavier dentro da área. O árbitro, porém, nada marcou.

Goiás x Fluminense
Goiás x Fluminense

Arias abriu o placar para o Flu (MARCELO GONÇALVES / FLUMINENSE)

TIPO COLÔMBIA

A partida continuou agitada e com chances para os dois lados, mas foram os visitantes que conseguiram colocar a bola na rede. Aos 21 minutos, Nino saiu jogando e levou a bola até o ataque, Ganso aproveitou a sobra para acionar Jhon Arias, invadindo a área. O colombiano bateu colocado, vencendo Tadeu e abrindo o placar na Serrinha. Foi o décimo gol dele na temporada.

VACILO

O Fluminense passou a dominar mais as ações da partida, já que o Goiás esbarrava nas próprias limitações para construir boas jogadas. Mas tudo mudou aos 43 minutos. Sávio, estreante da noite, cruzou da esquerda e Pedro Raul subiu sozinho nas costas de Manoel para cabecear e deixar tudo igual. O atacante chegou ao 16º gol na temporada.

PERIGOSO

O Goiás chegou a tomar um susto no início do segundo tempo quando Pedro Raul sentiu, mas o centroavante só foi sair perto dos 30 minutos, quando foi substituído. Antes disso, levou sustos no momento que a equipe cresceu na partida. André ainda tentou uma vez, e Fernando Diniz apostou em mudanças para dar mais dinâmica ao time com Nathan, Felipe Melo e Martinelli, mas não teve muito sucesso. O time visitante era melhor.

NÃO TEVE JEITO

Maguinho chegou muito perto de fazer o gol, mas parou em uma grande defesa de Fábio. O Goiás seguiu assustando e Nicolas perdeu uma chance inacreditável sozinho na área. Mas o atacante se redimiu. Aos 34 minutos, ele fez um golaço ao chutar no ângulo para colocar os mandantes na frente. O lance se originou em uma saída de bola errada de Felipe Melo com Caio Paulista.

AVASSALADOR

Mas a tristeza durou pouco. Aos 38 minutos, Cano aproveitou uma bola rebatida na área, bateu por baixo de Tadeu e deixou tudo igual mais uma vez na Serrinha. Dois minutos depois, Willian limpou a jogada pela esquerda em cima de Yan Souto e bateu colocado, fazendo um verdadeiro golaço no ângulo do goleiro, dando a virada ao Flu, que chegou a nove jogos sem perder na temporada.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS 2X3 FLUMINENSE

Data/Hora:
20/07/2022, às 19h
Local: Serrinha, Goiânia (GO)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (FIFA-SP) e Rafael Trombeta (PR)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (VAR-FIFA-SP)

Gols: Arias (21'/1ºT) (0-1), Pedro Raul (43'/1ºT) (1-1), Nicolas (34'/2ºT) (2-1), Cano (38'/2ºT) (2-2), Willian (40'/2ºT) (2-3)
Cartões amarelos: Renato Junior (GOI)
Cartões vermelhos: -

GOIÁS: Tadeu; Maguinho, Caetano, Reynaldo (Yan Souto - 18'/2ºT), Sávio (Hugo - 28'/2ºT); Matheus Sales (Henrique Lordelo - 41'/2ºT), D. Belmonte, Dieguinho; Luan Dias, Vinícius (Nicolas - 18'/2ºT), Pedro Raul (Renato Junior - 28'/2ºT). Técnico: Jair Ventura.

FLUMINENSE: Fábio; Samuel Xavier, Nino, Manoel (Felipe Melo - 17'/2ºT), Caio Paulista; André, Nonato (Martinelli - 17'/2ºT), Ganso; Matheus Martins (Nathan - 17'/2ºT), Arias (Marrony - 25'/2ºT), e Cano. Técnico: Fernando Diniz.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos