Em evento de aniversário, presidente do Corinthians celebra acordo para pagamento da Arena: 'Maravilhoso'

Presidente do Timão no CT Joaquim Grava (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)


No evento realizado pelo Corinthians na Neo Química Arena para comemorar o aniversário de 112 anos do Timão, Duílio Monteiro Alves, presidente do clube, foi o primeiro a falar com a torcida.

GALERIA - Relembre 12 momentos marcantes na história do Timão

O mandatário corintiano celebrou o acordo assinado com a Caixa Econômica Federal referente ao pagamento do empréstimo para a construção da Neo Química Arena, feito por meio do BNDES, em 2013.

- Para nós foi um acordo maravilhoso. Inauguramos nossa casa em 2014. A gente vem pagando desde então, tivemos esse problema com a Caixa, que foi resolvido de forma brilhante - iniciou Duílio, que exaltou o trabalho de Andrés Sanchez, ex-presidente do Timão, para arquitetar o parcelamento anual, junto a Caixa, com duração até 2041.

- Queria dividir com o grande responsável que é o Andrés Sanchez, voltou em 2018 para conseguir esse acordo, e conseguiu algo melhor do que a gente imaginava. A gente sabe tudo que aconteceu para nós termos essa casa maravilhosa. O acordo é muito bom ao Corinthians e agradecer ao Andrés durante suas duas gestões - comentou Duílio.

TABELA - Simule os jogos do Timão no Campeonato Brasileiro

SUPERÁVIT

Duílio Monteiro Alves também exaltou o trabalho de sua diretoria e todos os órgãos do clube para melhorar a situação financeira do clube. O Corinthians ainda não apresentou o balancete, mas o LANCE! apurou que o clube fechou primeiro semestre do ano de 2002 com superávit de R$ 2 milhões em suas finanças.

- Agradeço a minha diretoria, todos os órgãos do clube, que estão trabalhando para deixar o Corinthians maior e melhor. Tivemos os dois primeiros semestres de gestão com superávit. esse ano também, agora está tendo uma reunião no CORI para aprovação do semestre e revisão orçamentária - disse.

O presidente também destacou o impacto positivo com arrecadações nas últimas temporadas. Segundo o mandatário, o clube espera arrecadar R$ 700 milhões ao final da temporada. Contra o Red Bull Bragantino, o Timão ultrapassou os R$ 70 milhões com arrecadações em jogos na Neo Química Arena, batendo a meta estabelecida.

- A gente teve, ano passado, recorde de arrecadação, 503 milhões, e a gente prevê neste ano, chegar ou passar de 700 milhões. Isso é um trabalho que vem sendo feito de outras gestões. Foi construído um alicerce, tem essa casa incrível, CT, da base, feminino, e fico feliz de fazer parte de um pedaço dele - comemorou.

CONTRATAÇÕES

Na última janela de transferência, a diretoria corintiana acertou as contratações por empréstimo de Balbuena e Yuri Alberto, além do acordo em definitivo pelo meia Fausto Vera.

Duílio não quis deixar o torcedor esperançoso com mais reforços, e exaltou o papel da torcida nas três últimas contratações feitas pelo Time do Povo.

- Não criar muita expectativa para o futuro, a situação ainda não é fácil. A gente consegue ir melhorando aos poucos, como foi essa janela, chegada do Yuri, Balbuena, Fausto. A Fiel tem muita importância nisso, porque os jogadores querem jogar no Corinthians. Além do pessoal da diretoria, CIFUT, Vítor Pereira e sua comissão - no caso do Fausto - afirmou.

- A gente fica feliz com o trabalho, sabemos que o futebol não se faz de um dia para o outro. Estamos tendo sucesso, melhorar o nosso time, ter a Fiel junto, com um trabalho de anos. Continuar nesse caminho para termos sucesso em um futuro próximo - concluiu Duílio Monteiro Alves.