Em dia de boa ação, jogadores do Atlético-MG visitam entidade que ajuda pessoas com deficiência

Jogadores do Galo, como Hulk, foram visitar os assistidos pelo núcleo social-(Divulgação/Atlético-MG)


Quando se pensa que os problemas da vida são grandes, algumas liçoes podem ser apreendidas ao nos deparamos com a força de algumas pessoas, que sofrem mais e ainda mantém o sorriso do rosto. E os jogadores do Atlético-MG, que não vive um bom momento em campo, tiveram uma boa razão para sorrir e mostrar que podem ajudar a quem precisa

O elenco alvinegro e a comissão técnica visitaram o Núcleo Assistencial Caminhos para Jesus, na zona norte de BH. Os jogadores doaram 200 cestas básicas à entidade.

Além da presença dos jogadores, também é possível ver o técnico Cuca, o gerente de futebol Victor Bagy e o diretor de futebol Rodrigo Caetano. A atividade aconteceu, segundo o clube, "para reforçar o sentimento de união e solidariedade no grupo".

O elenco não treinou neste sábado, portanto não houve novas informações sobre o estado de Hulk e Zaracho, que seguem em tratamento de problemas físicos.

Eles são dúvidas para o duelo de quarta-feira, 28 de setembro, contra o Palmeiras, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro.

Quem está liberado é o volante Otávio. Ele se recuperou de uma lesão que o deixou mais de um mês afastado e foi liberado pelo DM.