Em dia de apresentação de Vágner Love, Sport vence o Guarani pela Série B do Brasileiro


Na Ilha do Retiro, em Recife, em jogo válido pela 21ª rodada da Série B do Brasileiro, que ficou marcada pela apresentação do atacante Vágner Love, o Sport derrotou o Guarani pelo placar de 2 a 1. O Leão da Ilha abriu o marcador no início da primeira etapa, gol de Denner. O Sport ampliou o placar no começo do segundo tempo, gol de pênalti de Ronaldo Henrique. O Bugre diminuiu no fim do jogo com Nicolas Careca.

Com a vitória, o Sport subiu na classificação e foi para a 5ª colocação, com 30 pontos somados. Já a equipe do Guarani permanece em situação delicada com 19 pontos e ocupando o 18º lugar na tabela.

Sport x Guarani
Sport x Guarani

Sport venceu e colou no G4 (Foto: Rafael Bandeira/Sport Club do Recife)

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Na próxima rodada, o Sport pega o Criciúma, na Ilha do Retiro, em Recife, dia 02 de agosto. Já o Guarani enfrenta o Grêmio, no Brinco de Ouro, na cidade de Campinas, dia 05 de agosto.

PRIMEIRO TEMPO
SPORT ABRE O PLACAR NO INÍCIO DA PARTIDA

Empolgado com a apresentação de Vagner Love, o time do Sport começou a partida a mil por hora e inaugurou o placar logo no início. Aos 4 minutos, a bola ficou com Sander, que cruzou rasteiro. Denner aproveitou o fato de estar livre e concluiu com muita categoria para dentro das redes adversárias: 1 a 0 para o Leão da Ilha.

GUARANI MARCA, MAS O VAR ANULA
A resposta do Bugre surgiu aos 13 minutos. Em contra-ataque, Nicolas Careca recebeu belo passe em velocidade, invadiu a área e bateu no meio das pernas do goleiro Carlos Eduardo, do Sport. Só que o VAR viu falta de Júlio César em Pedro Naressi e anulou o gol.

SPORT PRESSIONA NO FIM DO PRIMEIRO TEMPO E QUASE AMPLIA
Apesar do quase empate, o Guarani seguiu pouco criando na primeira etapa e quase não assustou o goleiro Carlos Eduardo. Já o Sport seguiu melhor em campo e no fim do primeiro tempo poderia ter marcado em finalizações de Fabinho e Juba.

SEGUNDO TEMPO
EM COBRANÇA DE PÊNALTI, SPORT AMPLIA

Assim como foi no primeiro tempo, o Sport conseguiu um pênalti cometido em cima de Kayke, aos 5 minutos. Ronaldo Henrique ficou encarregado pela cobrança e bateu com maestria para fazer: 2 a 0 para o Leão da Ilha.

GUARANI TENTA, MAS SPORT SE FECHA NA DEFESA
O gol deu uma boa desanimada no time do Guarani. Os comandados do técnico Mozart bem que tentaram uma reação imediata, mas a defesa do Sport, uma das melhores da competição, mostrou firmeza e segurou muito bem o ímpeto do Bugre e não deixou nenhuma brecha para equipe campineira reagir no início da etapa complementar.

BUGRE DIMINUI O PREJUÍZO, MAS ACABA DERROTADO
Como o Guarani mostrava dificuldade, o Sport diminuiu o volume de jogo e passou a administrar a vantagem. O Bugre se aproveitou e foi para cima do Leão da Ilha no fim do jogo e acabou sendo recompensado. Jamerson levantou a bola na área, Nicolas Careca se aproveitou e cabeceou para marcar: 1 a 2, aos 45. Apesar do gol, o Guarani não teve forças nos minutos finais para buscar o empate.

SPORT 2 x 1 GUARANI – CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE B
Estádio:
Ilha do Retiro, em Recife (PE)
Data/horário: 28 de julho de 2022, às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (FIFA)/GO e Rener Santos de Carvalho (AC)
VAR: Rafael Traci (SC)
Cartões amarelos: Sander, Denner e Giovanni (SPO), Jamerson e Rodrigo Andrade (GUA)
Cartões vermelhos:
GOLS: Denner, 04’/1ºT(SPO) (1-0), Ronaldo Henrique, 05’/2ºT(SPO)(2-0), Nicolas Careca, 45’/2ºT (GUA)(2-1).

SPORT (Técnico: Claudinei Oliveira)
Carlos Eduardo; Pedro Naressi (Bruno Matias, aos 39’/2ºT), Chico, Sabino e Sander; Ronaldo Henrique (William Oliveira, aos 32’/2ºT), Fabinho, Denner (Giovanni, no intervalo), Thiago Lopes (Everton Felipe, aos 23’/2ºT) e Luciano Juba; Kayke (Vanegas, aos 32’/2ºT).

GUARANI (Técnico: Mozart)
Maurício Kozlinski; Lucas Ramon (Diogo Mateus, aos 29’/2ºT), João Victor, Ernando e Jamerson; Rodrigo Andrade (Madison, aos 10’/2ºT), Leandro Vilela e Isaque (Marcinho, aos 21’/2ºT); Bruno José (Yago, aos 10’/2ºT), Nicolas Careca e Júlio César (Maxwell, aos 21’/2ºT).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos