Em baixa no Atlético-MG, Godín confirma conversa com Vélez e diz pensar em seleção: 'Quero jogar'

Diego Godín já disputou três copas do mundo pelo Uruguai (Pedro Souza/Atlético-MG)


Após ser convocado para defender a seleção uruguaia nos amistosos contra México e EUA na última Data Fifa, Godín revelou ter conversado com representantes do Vélez da Argentina, e diz querer minutagem em campo visando a Copa do Mundo.

O zagueiro concedeu entrevista ao canal oficial da Associação Uruguaia de Futebol (AUF) e disse ter conversado com o treinador do Vélez, Alexander "Cacique" Medina. Godín falou ainda que tem a seleção uruguaia como prioridade, e quer estar em campo o máximo possível para chegar bem no Qatar.

- Estou avaliando a situação. Cacique me telefonou, é verdade, é público. Falei com ele. Temos uma boa relação. (...) Agora, o melhor profissionalmente pensando no cenário esportivo para chegar bem no Mundial, irei fazer. Neste momento, dinheiro não me move, nada que não seja a seleção, estar bem para ajudar o grupo. É o meu pensamento - expressou o zagueiro.

Apesar de chegar com um bom status após uma carreira consistente na Europa, Godín não conquistou muito espaço no Atlético-MG. Muito contestado pela torcida, o uruguaio tem ficado na reserva de Nathan Silva e Junior Alonso, disputando ainda oportunidades com Igor Rabello e Réver.

Diante desse cenário, Godín conversará com os dirigentes do Galo para, possivelmente, acertar a sua saída para outro clube. Com pouco espaço no Atlético-MG e o desejo de jogar mais, a negociação do zagueiro se torna um cenário muito possível para o futuro do time mineiro.

- Tenho que conversar com o Atlético e resolver a situação, para o meu bem. Sou um pouco egoísta, penso em mim e a decisão que tomar será pensando no Mundial e na seleção - explicou o zagueiro.

Aos 36 anos, Godín já disputou três Copas do Mundo pelo Uruguai, e pode ir para a quarta. O zagueiro, que fez carreira no Atlético de Madrid, disputou os dois últimos jogos de sua seleção na Data Fifa, sendo reserva contra o México e titular contra os EUA.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos