Em último teste antes de final da Copa Sul-Americana, São Paulo goleia o Avaí em casa pelo Brasileirão

Diego Costa abriu o placar da partida no Morumbi (Foto: Victor Monteiro/W9Press/LancePress!)


Em jogo de despedida antes de embarcar para Córdoba e disputar a final da Copa Sul-Americana, o São Paulo venceu o Avaí por 4 a 0. Em partida disputada em uma noite fria neste domingo (25), o Tricolor paulista contou com gols de Diego Costa, Luciano, Patrick e Eder.

Com o resultado, a equipe de Rogério Ceni chegou aos 37 pontos e agora ocupa a 10ª colocação na tabela da competição. Já o Leão da Ilha segue com 28 pontos, na 17ª colocação - ainda na zona de rebaixamento.

Galeria
> Tricolor na final: Relembre os campeões da Copa Sul-Americana de 2012 pelo São Paulo e onde estão atualmente

Tabela
> Veja tabela do Campeonato Brasileiro e simule os próximos jogos

JOGO COMEÇA SONOLENTO, MAS CONFUSÃO ACORDA
Os primeiros momentos de jogo no Morumbi pareciam nada prometer. Até os vinte minutos, poucos contra-ataques criados e nenhuma chance mais perigosa para ambos os lados. O clima esquentou após uma confusão envolvendo Bruno Silva.

O jogador do Avaí levou um cartão amarelo após uma entrada dura em cima de Rodrigo Nestor - sendo que, naquele momento, a partida estava parada. Não contente, ainda partiu para cima de Calleri e empurrou o rosto do argentino.

A aplicação do cartão amarelo ao invés do vermelho foi contestada, mas a decisão foi mantida por Bruno Arleu de Araujo, árbitro da partida. A confusão foi tanta que até os jogadores nos bancos de reserva se envolveram.

DIEGO COSTA MARCA O PRIMEIRO GOL NO BRASILEIRO
O zagueiro do Tricolor paulista foi o responsável por abrir o placar da partida. Aos 25 minutos, após Reinaldo cobrar um escanteio do lado esquerdo, Diego Costa subiu e tocou de cabeça para o gol. Foi o primeiro gol da cria de Cotia na competição nesta temporada.

É LUCIANO! E PATRICK TAMBÉM!
​Nos acréscimos do segundo tempo, o São Paulo marcou mais dois. Sem dar espaço de reação para o Avaí, que pouco encontrou contra-ataques, aos 48 minutos da primeira etapa, Nestor recebeu um passe de Reinaldo e mandou direto para Luciano. O camisa 11 não pensou duas vezes e marcou o segundo do Tricolor na partida.

Pouco tempo depois, aos 49 minutos e novamente depois de uma cobrança de escanteio, Patrick conseguiu balançar as redes e teve seu nome ovacionado pela torcida no Morumbi. O primeiro tempo terminou em uma larga vantagem de 3 a 0 para o São Paulo.

SEGUNDO TEMPO VOLTA MOVIMENTADO
Embalado pelos três gols no primeiro tempo, o São Paulo seguiu pressionando o Avaí, que não conseguia avançar e nem tentar recuperar o resultado.

Até a metade da etapa final, o Tricolor liderava em finalizações: dez contra três do Leão da Ilha. Aos 15 minutos, uma boa oportunidade foi criada por Alisson, quando o jogador arrancou pelo lado esquerdo e finalizou de canhota. A bola parou nas mãos do goleiro Glédson.

FELIPE ALVES SALVA NA CHANCE MAIS PERIGOSA DO AVAÍ
Aos 27 minutos do segundo tempo, Natanael recebeu pela esquerda e William Pottker recebeu de cabeça e tocou para gol, criando a oportunidade mais perigosa da partida para o Avaí. Felipe Alves fez uma grande defesa.

VIROU GOLEADA
E se engana quem pensou que o São Paulo se despediria dos torcedores no Morumbi antes de viajar com três gols. Igor Gomes avançou pela direita e tentou o cruzamento. Após o desvio da defesa, Eder cabeceou para o gol, isso tudo nos acréscimos da etapa final. O confronto terminou em vitória para a equipe mandante em 4 a 0.

E AGORA?
​O São Paulo se prepara para um dos maiores desafios do ano. O Tricolor viaja na quarta-feira (28) para Córdoba, na Argentina, para enfrentar o Independiente Del Valle na final da Copa Sul-Americana no próximo sábado, dia primeiro de outubro.

Já o Avaí volta a campo também no próximo sábado (1), pelo Campeonato Brasileiro, contra o Atlético-GO

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO X AVAÍ

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data e hora: 25/9/2022, às 20h (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ) [Fifa]
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ) [Fifa]
Público e renda: 36.510/ R$ 1.499.659,00
​Cartões amarelos: Rodrigo Nestor, Reinaldo (SAO), Bruno Silva, Mateus Sarará, Guerrero, Bressan (AVA)
​Cartões vermelhos: -

Gols: Diego Costa (1-0, 25´/1ºT), Luciano (2-0, 48´/1ºT), Patrick (3-0, 49´/1ºT), Eder (4-0, 47´/2ºT)

SÃO PAULO:
Felipe Alves, Rafinha, Diego Costa, Léo e Reinaldo; Pablo Maia (Luan, aos 24´/2ºT), Nestor (Galoppo, aos 30´/2ºT) , Alisson (Igor Gomes, aos 36´/2ºT) e Patrick (M. Guilherme, aos 36´/2ºT); Luciano e Calleri (Éder, aos 24´/2ºT) Técnico: Rogério Ceni.

AVAÍ: Glédson, Kevin, Bressan, Rafael Vaz; Thales Oleques (Pablo Dyego, ao 1´/2ºT), Natanael, Bruno Silva, Mateus Sarará (Lucas Silva, aos 36´/2ºT), Jean Pyerre (Muriqui, ao 1´/2ºT); William Pottker (Jean Cleber, aos 26´/2ºT) e Bissoli (Guerrero, aos 17´/2T). ; Técnico: Lisca.