Emílio Faro compara duelo vencido pelo Vasco contra o Cruzeiro à final: 'Decisão não se joga, se vence'


Times em boa fase, Maracanã lotado... o clima foi de grandiosidade no Vasco x Cruzeiro deste domingo. O Cruz-Maltino venceu, e o técnico interino, Emílio Faro, avaliou o comportamento dos jogadores correspondente ao que se esperava antes - e que não seria fácil.

+ Neymar fica a três gols de Pelé: veja os maiores artilheiros da Seleção na história

- O sentimento vai ao encontro ao que tínhamos antes de vir. Tínhamos que usufruir do público, do jogo no Maracanã. Dois times tradicionais num ambiente incomum aos dois. Foi um jogo pela 12ª rodada da Série B, mas um ambiente de eliminatória. E é a máxima do futebol: decisão não se joga, se vence - lembrou Emílio em coletiva de imprensa após a partida.

O auxiliar-técnico da comissão permanente vive os últimos momentos à frente de um time montado com Zé Ricardo no comando e que em breve terá substituto. Tem duas vitórias em dois jogos até aqui.

- Tivemos muitas oportunidades para estocar e conseguimos. A equipe se comportou como combinado, dentro do plano e o resultado foi favorável - resumiu o treinador.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

Emilio Faro - Vasco
Emilio Faro - Vasco

Fato está com 100% no comando do time (Foto: Daniel Ramalho/Vasco)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos