Eliminado no Brasileiro de Aspirantes, Fluminense fecha terceiro ano do Sub-23

Fluminense acabou derrotado pelo Cuiabá nos pênaltis (Foto: AssCom Dourado)


Não foi só de eliminação na semifinal da Copa do Brasil que a noite de quinta-feira do Fluminense foi marcada. O clube também caiu no mesmo estágio do Campeonato Brasileiro de Aspirantes ao perder nos pênaltis para o Cuiabá na Arena Pantanal, na capital mato-grossense, encerrando, assim, a terceira temporada do projeto Sub-23.

O Flu havia vencido o primeiro jogo por 2 a 1 no Estádio Luso Brasileiro, mas levou o mesmo placar na volta. Na decisão por pênaltis, Alexandre Jesus e Marcos Pedro converteram, enquanto Gustavo Apis e David José cobraram sobre o gol. O Tricolor encerra a temporada de 2022 com 10 jogos no ano, cinco vitórias, três empates, duas derrotas, 16 gols marcados e nove sofridos.

O artilheiro da equipe no ano foi Samuel Granada, com cinco gols. O Fluminense igualou a melhor campanha no Brasileiro, chegando à semifinal assim como em 2020, quando venceu o Vila Nova na ida, mas perdeu na volta. Em 2021, o grupo decepcionou e caiu ainda na primeira fase.

Veja a tabela do Campeonato Brasileiro

​O elenco do Sub-23 contou com 23 jogadores formados na base do clube e outros cinco contratados. Quem comandou a equipe nesta temporada foi Cadu Antunes, que teve passagem pelo Fluminense entre 1994 e 1998, sendo campeão estadual 1995. Aílton Ferraz passou a ocupar o cargo de coordenador de transição dos atletas do Sub-20 para o Sub-23.

Os jogadores mais utilizados pelo Fluminense na temporada foram Jhonny, Marcos Pedro, Wisney, Davi, João Pedro, Yago e Samuel, que disputaram todos os 10 jogos, seguidos por Cipriano, com nove, Wiris, com oito, o goleiro Pedro Rangel, Gustavo Apis e Alexandre Jesus, com sete.