Elenco do São Paulo não 'abandona' Igor Gomes

Neste domingo (11), no clássico do São Paulo com o Corinthians, mais uma vez Igor Gomes foi alvo de vaias por parte da torcida. Desta vez, antes mesmo de entrar em campo.

Na escalação - que antecedeu o empate por 1 a 1 no confronto - quando o nome do meia foi anunciado pelos altos-falantes do estádio, a torcida Tricolor já vaiou - e isso ainda sem a bola ter rolado. Durante o jogo, mesmo cenário. A saída do atleta para a entrada de Patrick gerou uma reação idêntica, enquanto outros nomes foram aplaudidos.

A pressão dos torcedores com o atleta não é recente. Desde o encontro com o Atlético-GO, pelo primeiro jogo válido pela semifinal da Copa Sul-Americana, as críticas cresceram ainda mais. Isso porque nesta partida em questão, o jogador foi expulso aos 40 minutos.

Mesmo com suas más fases, o atleta nunca deixou de ser opção para Rogério Ceni. Nesta temporada, é um dos jogadores com mais minutos em campo. Ao todo, já soma 50 jogos. Destes, somente em sete começou no banco de reservas.

Em números, a situação de Igor Gomes também chama atenção. De acordo com dados divulgados pelo FootStats, é o nome do São Paulo com mais erros de passes no Campeonato Brasileiro (90). Em cruzamentos, a média de erros supera a de acertos (40 contra 18). Entretanto, mesmo que a torcida demonstre ‘estar perdendo a paciência’, sua situação em relação a Rogério Ceni e ao restante do elenco tricolor é completamente oposta.

Após o clássico contra o Corinthians, Rafinha e Ceni se manifestaram em prol ao jogador. O veterano e o técnico - que é consagrado ídolo no clube - mostraram de forma clara e evidente que ‘não desistiram’ da cria de Cotia.