Eleições 2022: Lula vence em 14 Estados e Bolsonaro em 12 e no DF

Lula e Bolsonaro
Lula venceu com ampla vantagem no Nordeste; já Bolsonaro ganhou com folga em Estados do Sul

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceu em 14 Estados do país no primeiro turno disputado neste domingo (02/10). Já o presidente Jair Bolsonaro (PL) venceu em 12 Estados e no Distrito Federal.

No total, o petista marcou 48,24% dos votos válidos, com 99,18% das urnas apuradas. Bolsonaro somou 43,36%.

Lula ganhou em todos os Estados do Nordeste. Sua maior vitória na região aconteceu no Piauí, onde o petista teve 73,8% dos votos válidos, ante 20% de Bolsonaro.

Na Bahia, Lula também marcou uma vitória com grande maioria dos votos — 69,5%. Bolsonaro chegou a 24,4%.

Lula também venceu Bolsonaro com ampla maioria em seu Estado natal, Pernambuco. Marcou 65,1% dos votos, contra 30% de Bolsonaro.

No Norte, Lula venceu em quatro dos Estados: Pará, Amazonas, Tocantins e Amapá.

Na região, o petista registrou sua maior vitória no Pará, com 52% dos votos — o atual presidente teve 40,4%.

Já Bolsonaro venceu em toda a região Centro-Oeste. Sua vitória maior expressiva aconteceu no Mato Grosso, com 59,8% ante 34,3% de Lula.

Em Goiás, Bolsonaro marcou 52,1% contra 39,5% de Lula.

No Distrito Federal, o presidente ganhou com 51,6% — o petista somou 36,8%.

No Sudeste, Bolsonaro venceu em três dos quatro Estados: São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

Em São Paulo, o presidente venceu com 47,7% dos votos. Lula marcou 40,8%.

No Rio, Bolsonaro registrou 51%. Já Lula, 40,7%.

Tido como Estado decisivo — todos os candidatos que venceram lá ganharam a eleição —. Minas Gerais deu vitória a Lula. O petista ganhou com 48,2% — Bolsonaro teve 43,6%.

O atual presidente também ganhou em todos os Estados da região Sul.

Santa Catarina, tido como um Estado bolsonarista, confirmou a fama e deu a maior vitória percentual a Bolsonaro no país. Bolsonaro venceu com 62,2% dos votos — Lula marcou 29,5%.

Já o Paraná deu vitória a Bolsonaro: 55,2% contra 35,9% de Lula.

No Rio Grande do Sul, a vitória de Bolsonaro foi mais apertada — 48,9% dos gaúchos votaram em Bolsonaro; Lula somou 42,2%.

Sabia que a BBC está também no Telegram? Inscreva-se no canal.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!