Eduardo 'Neymar' promete estilo agressivo em Abu Dhabi

"Neymar" terá o auxílio do lutador Dedé Chaves em seu córner (Foto: Divulgação/CMSystem)


O brasileiro Eduardo "Neymar" Dinis promete dar show no octógono do UAE Warriors. O lutador da CMSystem que leva o apelido do craque brasileiro de futebol entra em ação em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, em busca de um novo patamar na carreira.

Eduardo Dinis, de 25 anos, tem um cartel de nove vitórias e quatro derrotas. Ágil e agressivo, ele espera surpreender no nocaute e finalização. O adversário, no entanto, não promete facilitar. Otar Tanzilov, da Geórgia, é conhecido pelos golpes praticamente certeiros.

Treinador e líder da equipe CM System, o ex-lutador Cristiano Marcello acompanha os passos do pupilo desde os seus 13 anos. Ele acredita que é o momento certo para Eduardo dar seu cartão de visitas e, com isso, buscar um novo patamar na carreira internacional. A agressividade é um diferencial do atleta, na visão do técnico.

"O Otar Tanzilov é um atleta duro e certeiro, mas o Neymar é completo e muito agressivo. Acredito no nocaute ou finalização. Ele é muito eclético lutando, se movimenta o tempo inteiro e é muito inteligente. Levo fé que ele fará uma boa estratégia e mostrará muita vontade. Acredito no nocaute. É o cara certo para estar lá e chocar a galera com o grau de agressividade e técnica dele", destacou Cristiano.

Eduardo não demonstra qualquer receio diante do desafio. O lutador encara a luta nos Emirados Árabes Unidos como uma oportunidade de se firmar no cenário internacional do MMA. Ele conta que não pretende deixar a decisão do vencedor nas mãos dos juízes.

"Estou muito contente com a oportunidade de representar a CM System em outro país. Não tem o que esperar além de uma luta bem técnica e agressiva da minha parte, buscando nocaute ou finalização o tempo inteiro. Eu me preparei muito bem. Não vou deixar essa luta acabar nas mãos dos juízes. Tenho o objetivo de vencer com nocaute ou finalização em menos de três rounds", afirmou o "Neymar" do MMA brasileiro, confiante que novas portas se abram na carreira.

"Eu já vinha de outros campings para outras lutas que acabaram caindo, então estou bem preparado. Espero que eles gostem da minha performance e me levem outras vezes para lutar", completou o atleta.