Eduardo, Marlon Freitas e meio-campo: o que ficar de olho no Botafogo contra o Atlético-GO


É dia de jogo no Estádio Nilton Santos. O Botafogo entra em campo às 21h deste sábado para enfrentar o Atlético-GO pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe comandada por Luís Castro busca se recuperar na competição e deixar a irregularidade para trás.

+ Botafogo fecha com Lucas Perri e conversa por liberação imediata com o São Paulo

O LANCE! pontua cinco fatores para ficar de olho no Alvinegro na partida.

Carlos Eduardo: sem Lucas Fernandes, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o Botafogo terá uma ausência sentida - ele vinha liderando a equipe nas ações com bola nos últimos jogos. É uma chance para o camisa 33 ter o protagonismo de liderar o meio-campo e assumir a responsabilidade.

>>> Assine o Premiere no Prime Video e acompanhe todas as emoções do seu clube no Brasileirão<<<

Resultados: o Botafogo ainda não venceu no segundo turno do Brasileirão. O jogo deste sábado é, mais uma vez, uma oportunidade de virar a chave para um resultado positivo. O Alvinegro é um dos piores mandantes da competição e tem tido dificuldade de se impor dentro dos próprios domínios.

Marlon Freitas: já fechado com o Botafogo para o ano que vem, o volante é um dos destaques do Atlético-GO e deverá estar em campo pelo Dragão. Será uma "amostra grátis" para o torcedor do que o atleta pode oferecer.

+ Botafogo x Atlético-GO: prováveis escalações, desfalques e onde assistir ao jogo pelo Brasileirão

Meio-campo: Luís Oyama, Patrick de Paula ou Del Piage? Três opções que oferecem diferentes alternativas dentro de campo para Luís Castro visando a lacuna deixada por Lucas Fernandes.

Luís Henrique: o camisa 99 teve muita dificuldade atuando no lado direito do ataque contra o Ceará. Ponta esquerda por natureza, ele foi deslocado para que Jeffinho também pudesse ser titular. É possível que Luís retorne novamente para a direita contra o Dragão. A ver como funcionará as dinâmicas das jogadas.