Dorival tem aval e motivos para seguir plano do Flamengo no Campeonato Brasileiro

Dorival Júnior conversa com Vidal durante atividade no Ninho do Urubu (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)


Dorival Júnior tem um plano e irá segui-lo. Neste domingo, contra o Goiás, o Flamengo voltará a atuar com um time alternativo. Foi com a "equipe do Brasileirão" que o Rubro-Negro saltou da 14ª posição para a vice-liderança, e, apesar das críticas recentes, o treinador manterá a estratégia. Dorival e sua comissão têm o aval para decidirem e, para isso, levam dois pontos principais em consideração: as condições físicas dos atletas e o ambiente do grupo.

+ Veja a tabela do Flamengo e a classificação da Série A do Brasileirão

A grande conquista de Dorival Júnior no Flamengo, por ora, foi a transformação do ambiente do clube. O próprio técnico afirmou assim, em entrevista ao LANCE!. A melhora no dia a dia veio através da aceitação do elenco ao trabelho e às ideias da comissão técnica, que, ao dar chance a todos jogadores, devolveu ao grupo também a competividade ao grupo. A famosa "concorrência sadia" pelas vagas.

Dorival já reforçou que confia e manterá o "time do Brasileirão". E tem motivos para isso, afinal, foi com esses jogadores iniciando as partidas, que o Flamengo venceu sete e empatou duas das últimas dez rodadas, com o melhor aproveitamento da Série A neste recorte.

TRÊS MESES SEM DESCANSO

Desde que chegou ao Flamengo, em junho, Dorival Júnior não teve nenhum semana cheia para treinamentos no Ninho do Urubu. Ou seja, seu time entrou em campo em todos finais de semana e meios de semana nos últimos três meses. A maratona se deve ao sucesso do Flamengo nas Copas e serve como argumento para a necessidade de rodar o time, como o técnico afirmou que permanecerá fazendo.

Diante disto, o Flamengo apostou no rodízio entre os jogadores e livrou o grupo de lesões musculares. Hoje, o DM só tem Rodrigo Caio e Bruno Henrique, em recuperação de problemas anteriores à chegada de Dorival Júnior. O técnico, inclusive, ressalta o suporte que tem do departamento médico e da fisiologia do clube para tomar as decisões, avaliar as condições dos jogadores e seguir o planejamento.

A diretoria do Flamengo deu autorização para Dorival Júnior, ao lado de sua comissão técnica e outros membros do departamento de futebol, tomarem as decisões e assim será na sequência da Série A.

Para domingo, data da partida contra o Goiás, fora de casa, Dorival comanda mais duas atividades no Ninho do Urubu. Com o zagueiro Fabrício Bruno e os atacantes Gabigol e Pedro suspensos, o técnico terá que arrumar novas soluções, uma vez que o jovem Lázaro - que vinha atuando como "falso 9" - foi vendido no início de setembro.