Dorival Júnior evita polêmicas de arbitragem e foca no Flamengo: 'Total atenção com a equipe'

Dorival Júnior vibra com vitória do Flamengo pelo Campeonato Brasileiro (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)


A atuação do árbitro Luiz Flavio de Oliveira (FIFA-SP) não agradou nem aos jogadores do Flamengo nem aos do Athletico no jogo desta quarta-feira, válida pela Copa do Brasil, que terminou empatado. O tema, portanto, foi levado ao técnico Dorival Júnior durante a coletiva de imprensa. No entanto, o comandante do Fla evitou falar sobre as polêmicas e ressaltou que está focado em dar atenção ao seu time.

> Flamengo não terá novos reforços até o fim da Copa do Brasil

- Não vou abordar. Nós temos que jogar, nós estamos buscando jogar, nosso time tem essa condição. É um time que joga para frente, joga buscando o gol. É o que nós queremos que aconteça. Arbitragem é um fato que nós não temos que ficar nos preocupando, não - disse Dorival.

- Temos que ter total atenção com a nossa equipe, com a melhoria da equipe, com o crescimento dela, com tranquilidade, para que na segunda partida façamos novamente uma boa apresentação e buscando os gols necessários para a classificação - completou.

Agora, o Flamengo vira a chave para o Campeonato Brasileiro. Isso porque o Rubro-Negro volta a campo no próximo sábado, às 20h30, para enfrentar o Atlético-GO no Maracanã. A partida é válida pela 20ª rodada do campeonato e terá transmissão em tempo real do LANCE!.

Veja mais declarações de Dorival Júnior:

RETRANCA DO ATHLETICO SURPREENDEU?

- Nós nos preparamos para toda e qualquer situação. Imaginávamos uma possibilidade de iniciação um pouco diferente, foi uma opção, nós respeitamos isso. Procuramos jogar, procuramos botar a bola no chão, procuramos fazer o jogo que nós sempre fizemos.

- Tivemos um número considerável não só de posse, mas de possibilidades reais de gols. Infelizmente só não conseguimos a finalização. É um jogo de 180 minutos, temos que ter essa consciência, está tudo em aberto.

ASUÊNCIAS DE DAVID LUIZ E THIAGO MAIA
- São perdas, mas nós temos jogadores à altura. Estamos preparando todos eles para jogarem. Naturalmente, fico preocupado com a saída dos dois, mas muito confiante naqueles que entrarão. Com certeza darão conta do recado.

JEJUM DE GOLS DE GABI
- Nos momentos decisivos, ele vai fazer (os gols). Podem ter certeza disso. O Gabriel é um jogador letal dentro da área. A ansiedade é um fato natural. Agora, o papel que ele está cumprindo taticamente, o que ele tem contribuído para a nossa equipe, a participação em muitos lances de gol, em lances criados em mobilidade de movimentação, ele tem dado outra cara para a equipe. Isso é um fato importante, tão quanto os gols que ele, talvez neste momento, não tenha feito.

REAÇÃO DOS JOGADORES COM A ARBITRAGEM
- Houve, realmente, um descontrole. Alguma coisa aconteceu. Todos viram. Agora, não vou aqui, novamente, analisar uma arbitragem, me desculpe. Não é do meu feitio ficar lamentado um resultado por causa da forma como o árbitro conduziu uma partida. Ele tem as características dele, eu respeito. Mas, sinceramente, o Flamengo fez por merecer uma sorte melhor na partida, independente de arbitragem ou não.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos